Onyx quer eleição na Câmara e fim de privilégios de Cunha

DEM, PPS e PSDB querem declarar vacância do cargo de presidente da Casa e afastar definitivamente Eduardo Cunha das funções

O deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) defende a declaração de vacância do cargo de presidente da Câmara, cargo ocupado até o dia 5 de maio por Eduardo Cunha (PMDB-RJ), suspenso do mandato e afastado das funções pelo STF. O argumento da proposta é que não há prazo para que o Supremo julgue o processo em que Cunha é réu por crime comum.

Em entrevista ao editor Leonel Rocha, do Congresso em Foco, o parlamentar também propõe que o plenário da Câmara suspenda a utilização da residência oficial por Cunha, além de carros e aviões pagos com dinheiro público. A questão de ordem será apresentada na tarde desta terça-feira. Se a questão de ordem for aprovada, haverá nova eleição para ao posto hoje ocupado pelo vice presidente Waldir Maranhão (PP-MA).

Veja no vídeo:

 

Mais notícias sobre Eduardo Cunha

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!