Depois de cinco anos, Tiririca usa o microfone: “Voto sim!”

E, ao romper o “silêncio”, o recordista de votos no país proferiu apenas sete palavras – uma média de pouco mais de uma palavra por ano

Depois de cinco anos e três meses de mandato, o deputado Tiririca (PR-SP) finalmente fez uso de um dos microfones do Plenário da Câmara. E, ao romper o “silêncio”, o recordista de votos no país proferiu apenas sete palavras – uma média de pouco mais de uma palavra por ano.

“Pelo bem de meu país, voto sim!”, caprichou Tiririca, festejado em plenário mesmo antes de anunciar seu voto a favor do prosseguimento impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Sem se envolver na discussão da política tradicional, que comporta acordos de bastidor e negociatas não exatamente republicanas, o deputado apenas seguiu a tendência majoritária de seu partido, que tem maioria a favor do impeachment – mesmo que, ao menos oficialmente, ainda componha a base aliada ao governo, com cargos e ministérios.

Mais sobre impeachment

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!