DEM quer expulsar deputados que votaram pela CPMF

O deputado Paulo Bornhausen (DEM-SC), vice-líder do Democratas na Câmara, entrou nesta quinta-feira (20) com uma representação  pedindo a expulsão de três deputados do partido que votaram a favor da prorrogação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), aprovada ontem pela Câmara (leia mais).

Bornhausen apontou como rebeldes os deputados Lael Varella (MG), Bispo Rodovalho (DF) e Edmar Moreira (MG). A decisão, segundo o deputado catarinense, foi tomada em acordo com o líder do DEM na Câmara, Onyx Lorenzoni (RS) e o presidente do partido, deputado Rodrigo Maia (RJ).

"Aqueles que foram contra a orientação da executiva devem sair. É direito do partido fechar questão sobre a CPMF", afirmou o deputado catarinense. Ainda nesta semana, os integrantes da executiva nacional do DEM devem nomear um relator para cuidar de cada um dos processos contra os três deputados. (Ana Paula Siqueira)    

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!