DEM abre processo contra Gilberto Kassab

Prefeito de São Paulo é acusado de utilizar a estrutura do seu antigo partido para formar o PSD

Rudolfo Lago

A Executiva Nacional do DEM decidiu hoje abrir processo de disciplinar contra o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, por uso indevido da estrutura do partido para criar sua nova legenda, o Partido da Social Democracia (PSD). O comando do DEM alega que Kassab infringiu o estatuto partidário ao registrar o domínio da nova sigla na internet com o CNPJ do Democratas.

O processo disciplinar será relatado pelo deputado Mendonça Filho (DEM-PE) e prevê sanções que vão da advertência à expulsão do denunciado. Kassab terá oito dias para apresentar sua defesa, a contar da notificação.

O comando do DEM decidiu, ainda, dissolver o diretório do partido em Tocantins, presidido pela senadora Kátia Abreu, que anunciou ontem que está trocando a legenda pelo PSD. Na próxima quinta-feira, o presidente do Democratas, senador José Agripino (RN), viajará a Santa Catarina para se encontrar com o governador Raimundo Colombo. Agripino pretende convencê-lo a desistir da ideia de trocar o DEM pelo PSD.

 

Outros textos com referências a Gilberto Kassab

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!