Delcídio cita Michel Temer em delação para o MPF, diz jornal

Segundo o senador petista, vice-presidente foi "o grande patrocinador" da indicação de Jorge Zelada para área internacional da Petrobrás

A coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, traz nesta sexta-feira (11) a informação de que o senador Delcídio do Amaral (PT-MS) citou o vice-presidente Michel Temer no acordo de delação premiada que firmou com o Ministério Público Federal (MPF). De acordo com a publicação, Delcídio apontou o peemedebista como "o grande patrocinador" da indicação de Jorge Zelada para a diretoria da área internacional da Petrobrás.

Zelada é apontado como o elo do PMDB no esquema investigado pela Lava Jato. O ex-diretor está cumprindo pena de 12 anos de prisão e a possibilidade dele se tornar réu preocupa o correligionários de Temer.

De acordo com Delcídio, o vice-presidente também é ligado ao lobista João Augusto Henriques, que foi indicado para o lugar de Nestor Cerveró na divisão internacional da Petrobras, porém, teve a nomeação vetada pela presidente Dilma Rousseff.

À Folha de S. Paulo, a assessoria de Temer afirmou que Zelada foi indicado pela bancada do PMDB de Minas Gerais e que, "na condição de presidente" do partido, Temer o recebeu antes do ex-diretor ser nomeado e também em 2011, quando tentou se manter no cargo. A assessoria atesta, porém, que Zelada "não teve o apoio" de Temer para seguir na diretoria da empresa. Sobre Henriques, Temer afirmou que não tem nenhuma ligação com o lobista.

Mais sobre Delcídio do Amaral

Mais sobre Michel Temer

Mais sobre o PMDB

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!