De Tiririca para Levy Fidelix: “Abra sua mente, gay também é gente”

Com "vaia para o preconceito", deputado critica declarações do presidenciável do PRTB e lembra música dos Mamonas Assassinas

O deputado Tiririca (PR-SP) criticou as declarações feitas no debate da Rede Record, ontem à noite (28), pelo presidenciável Levy Fidelix (PRTB) em relação aos homossexuais. No Twitter, o parlamentar recorreu ao refrão de uma das músicas mais conhecidas da banda Mamonas Assassinas para “vaiar” o “preconceito”.

“Dizem que sou burro mais (sic)pelo menos não falo bobagem que nem certos candidatos... sou a favor do amor e cada um deve viver feliz!!! “Triste em saber q sou do mesmo país d quem tem ódio quando fala dos gay.. já dizia mamonas assassinas abra sua mente gay também é gente!!!!”, publicou na rede social.

Tiririca disse se sentir feliz na presença dos homossexuais e que não compreende porque ainda há preconceito em relação à orientação sexual em pleno século 21. “Por que os homossesuais incomodam tanto?? deixem eles feliz.. pois quando estou perto deles eles mim faz feliz, sempre alegres!!!!”, escreveu. “Saiba que os gay sao os que mais adotam filhos daqueles hetero que abandona os filho... vao estudar!!!!”

No debate de ontem, Levy Fidelix atacou duramente os homossexuais. Disse não querer votos dos gays e foi além. “Dois iguais não fazem filho. Me desculpe, mas aparelho excretor não reproduz. Tem candidato que não assume isso com medo de perder voto. Prefiro não ter esses votos, mas ser pai, avô que instrua seu neto. Não vou estimular a união homoafetiva. Se está na lei, que fique como está”, declarou. Outros presidenciáveis repudiaram hoje as declarações do candidato do PRTB. Para Eduardo Jorge (PV), Luciana Genro e Zé Maria (PSTU), por exemplo, o discurso de Levy Fidelix só reforçou a urgência de se aprovar uma lei que criminalize a homofobia.

Com mais de 218 mil seguidores no Twitter, Tiririca também deixou na página um recado para quem critica o português das suas mensagens. “Para os professor do Twitter.. penso como patativa do asare.. e melhor escrever errado a coisa certa do que escrever certo a coisa errada.”

Tiririca chega ao fim do mandato com 100% de presença, mas sem subir à tribuna

O dono do circo no Congresso

Mais sobre as eleições

Assine a Revista Congresso em Foco

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!