De cada dez eleitores, sete ainda não têm candidato a deputado, diz Datafolha

Alta taxa de eleitores sem candidatos pode ser explicada pelo desalento dos eleitores com o poder Legislativo, além do modelo de voto proporcional em lista aberta e do destaque das eleições para postos no Executivo

A pouco mais de duas semanas das eleições, de cada dez eleitores, sete não sabem em quem vão votar para deputado federal nem estadual, segundo pesquisa realizada pelo instituto Datafolha e divulgada no site do jornal Folha de S. Paulo nesta sexta-feira (19).

De acordo com a pesquisa, entre os que têm de 16 a 24 anos, 80% ainda não escolheram candidato a deputado federal. No caso dos candidatos a deputado estadual, a maior taxa de indecisos está entre os que têm ensino fundamental: 75%. E em todas as regiões do país essas taxas estão acima de 60%.

Os percentuais são considerados altos, em comparação com os da eleição presidencial, por exemplo. Para o instituto, há várias hipóteses para explicar essa disparidade.

Uma das hipóteses é que as eleições de outubro são para presidência da República, governos estaduais, Senado, Câmara e assembleias legislativas. As eleições para os cargos de presidente e governador ganham mais destaque que as disputas por cargos do Legislativo.

Outras hipóteses são o desalento dos eleitores com o Congresso e com as assembleias e o modelo de voto proporcional em lista aberta que faz com que cada votante tenha que escolher um entre centenas de candidatos inscritos em cada estado.

O mais provável é que a alta taxa de eleitores sem candidatos seja uma combinação de todos os fatores. O Datafolha fez 5.340 entrevistas em 265 municípios entre nos dias 17 e 18 deste mês. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos para mais ou para menos.

 

Mais sobre as eleições

Assine a Revista Congresso em Foco

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!