Vice-presidente da Câmara quer convocar Dallagnol para explicar defesa de intervenção no Congresso

 

O primeiro vice-presidente da Câmara, Fábio Ramalho (MDB-MG), afirmou, na noite desta terça-feira (20), que pedirá a convocação do procurador da República Deltan Dallagnol, que coordena a força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, para que preste explicações sobre uma publicação em sua conta no Twitter. Ao criticar a possibilidade de mandados coletivos de busca e apreensão durante a intervenção no Rio de Janeiro, o procurador sugeriu que as medidas eram mais necessárias nos gabinetes do Congresso. “Nós fomos eleitos. Respeite essa Casa”, disse o deputado energicamente ao assumir a presidência da Câmara para proferir o breve discurso. “Se cabem buscas e apreensões gerais nas favelas do Rio, cabem também nos gabinetes do Congresso”, escreveu o procurador ao criticar o pedido do comandante do Exército, general Eduardo Dias da Costa Villas Bôas.

Dallagnol também afirmou que evidências “colocam suspeitas muito maiores sobre o Congresso, proporcionalmente, do que sobre moradores das favelas, estes inocentes na sua grande maioria”. Fábio Ramalho reagiu à publicação, afirmando que pedirá a convocação do procurador para que ele preste explicações. “Vou pedir a essa Casa que convoque o doutor Dallagnol para que ele venha aqui dar essas explicações e respeitar essa Casa, que tem muita gente honrada”.

<< Câmara aprova intervenção no RJ; Forças Armadas esperam Senado para poder entrar em ação

Para o vice-presidente da Câmara, se Dallagnol deseja propor mudanças, que aja por meio da política. “Se quiser falar alguma coisa, que vá para as ruas, eleja, e venha aqui fazer as mudanças. É aqui nessa Casa que se faz mudanças. Todas as coisas que estão aí hoje, todas as delações, só existem porque nós votamos. Foi esse Congresso aqui que votou. Respeite o Congresso brasileiro”, encerrou o deputado.

<< Bolsonaro critica intervenção militar no Rio: “Bando de vagabundos”

<< Professora critica intervenção de Temer e viraliza: “Pior do que seis por meia dúzia, medíocre”; veja o vídeo

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!