Cunha confirma votação de destaques do projeto da terceirização nesta terça

Ao chegar na Câmara, presidente da casa, Eduardo Cunha, informou que o texto da proposta está se consolidando e que o assunto está sendo discutido em reuniões entre parlamentares e o governo

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, afirmou, nesta manhã, que a votação dos destaques do projeto de lei que regulamenta a terceirização no Brasil (PL 4330/04) deverá ser concluída nesta terça-feira. Ao chegar à Casa, Cunha informou que o texto da proposta está se consolidando e que o assunto está sendo discutido em reuniões entre parlamentares e o governo.

“As informações que eu tenho é que o texto está mais ou menos consolidado. Há uma divergência só de controle [do recolhimento de contribuições], mas há um convencimento que você não vai aumentar alíquota, mas também não vai permitir que o governo possa ter qualquer tipo de perda.”

Impeachment
Questionado sobre um possível impeachment da presidente Dilma Rousseff, Eduardo Cunha reafirmou não ver razão jurídica para o procedimento. “Não é porque uma pesquisa diz que a maioria da população quer [o afastamento da presidente] que efetivamente você vai ter um impeachment”, disse o presidente.

Ele se referia a pesquisa do Datafolha segundo a qual 77% dos manifestantes que foram às ruas em São Paulo, no último domingo (12), defendem a abertura de processo contra Dilma no Congresso.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!