Congresso em Foco ressuscitou a inquisição, diz deputado

Alvo de oito inquéritos e quatro ações penais, Roberto Góes critica publicação de levantamento sobre parlamentares com pendências criminais. Veja a íntegra da resposta do deputado

"O deputado Roberto Góes (PDT-AP) é citado em reportagem da Revista Congresso em Foco - edição de número 18, de agosto de 2015 - intitulada 'Muito além da Lava Jato'.  Na matéria, a revista apresenta um levantamento com nomes de 164 parlamentares que respondem a processos na Justiça.

A Constituição Federal trouxe os princípios do devido processo legal, da ampla defesa, contraditório e transito em julgado. A santa inquisição foi rechaçada no século XX e esta revista quer fazer crer que foi ressuscitada. Vou exercer o meu mandato na sua ampla plenitude e as situações judiciais terão o fórum adequado para me defender.

Estou em paz com minha consciência e os nossos advogados estão trabalhando nos processos. Contudo, fui absolvido pela população do meu Estado do Amapá quando confiaram a mim seus votos e me elegeram o deputado federal mais votado.

Leia a reportagem:

Góes e Veneziano são os deputados campeões em acusações criminais no STF

Confira ainda:

Quase 40% dos senadores têm pendências criminais

Veja aqui quem são os senadores sob investigação

A reportagem completa na Revista Congresso em Foco

Se você não é assinante do UOL da revista, entre aqui e faça sua assinatura agora

Saiba onde comprar a Revista Congresso em Foco nas bancas de Brasília

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!