Congresso articula aumento salarial após as eleições

De acordo com a Folha de S. Paulo, deputados e senadores pretendem pegar carona no reajuste do Judiciário. Ideia é equiparar os vencimentos em R$ 35,9 mil. Salário atual é de R$ 26,7 mil

Deputados e senadores começaram a articular um reajuste salarial para 2015. De acordo com reportagem do jornal Folha de S. Paulo, a ideia é pegar carona no projeto enviado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) aumentando os vencimentos dos ministros da corte para R$ 35,9 mil mensais. Atualmente, os parlamentares recebem R$ 26,7 mil.

A discussão deve começar pela Câmara. Segundo a Folha, o quarto secretário da Câmara, Antonio Carlos Biffi (PT-MS), informou que a Mesa Diretora da Casa tratará do assunto nas próximas semanas para que o aumento passe a valer já a partir de 2015. O relator do orçamento 2015, senador Romero Jucá (PMDB-RR), disse não ter informações sobre a possibilidade de reajuste.

Após eleições, Congresso discutirá aumento salarial

Mais sobre as eleições

Assine a Revista Congresso em Foco

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!