Confira os vídeos do Prêmio Congresso em Foco 2007

Rodolfo Torres

Num clima informal, em que não faltaram lances de humor, os discursos feitos pelos parlamentares durante a cerimônia de entrega do Prêmio Congresso em Foco 2007, na última segunda-feira (26), foram marcados pelo reconhecimento da importância da iniciativa. Alguns destacaram o seu efeito pedagógico, pelo seu caráter interativo e por estimular os congressistas a trabalharem melhor. Outros deram ênfase ao papel da internet na comunicação entre os políticos e a sociedade. E houve quem fizesse apelos pelo aprimoramento do Congresso ou pela renovação política do país.  

Um dos oradores, o presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), chamou atenção para a pergunta que o prêmio deixa no ar: “em que medida estamos conseguindo exercer a contento os nossos mandatos”.

Com mais de três dezenas de parlamentares presentes, o evento – patrocinado pela Brasil Telecom e pela Petrobras e apoiado por diversas entidades da sociedade civil – foi realizado no restaurante Porcão, em Brasília, onde foi servido jantar para 300 convidados. A cerimônia teve como apresentadores os jornalistas Heraldo Pereira e Cristina Serra, da TV Globo. Veja o que se falou durante a festa, que só terminou na madrugada de ontem (terça, 27):

Cristovam Buarque (PDT-DF), considerado o melhor senador na votação dos internautas, ressaltou que jamais havia recebido outro prêmio antes, nem mesmo "na escola". Agradeceu ao site, aos eleitores, jornalistas, internautas, e, principalmente, aos demais parlamentares vencedores do Prêmio Congresso em Foco 2007. “São pessoas como vocês que me dão orgulho de ser parlamentar no Brasil”, afirmou. (vídeo)

José Carlos Aleluia (DEM-BA), melhor deputado na visão dos internautas, destacou a importância da internet. “Há uma nova área de comunicação, há uma nova rede de comunicação, há uma nova ética, há uma nova mídia, e o Congresso em Foco está abrindo o espaço dessa nova mídia", disse, acrescentando que tem "encontrado através da internet uma forma de introduzir mais razão na política". No seu entender, o prêmio serve de estímulo aos parlamentares no momento em que o Congresso "passa por uma crise tão profunda". Aleluia também respondeu para todos uma pergunta que Chinaglia havia lhe feito pouco antes: qual o segredo para obter um apoio tão expressivo dos internautas. Sua resposta: "O segredo é realmente abrir espaços, se comunicar com o eleitor, dando a ele a oportunidade de se comunicar de forma bilateral”. (vídeo)

Arlindo Chinaglia (PT-SP) – único parlamentar a receber o Prêmio Congresso em Foco 2007 duas vezes, como um dos melhores congressistas do ano e um dos mais assíduos – disse, sobre o prêmio: "Acho que isso tem a dimensão de nos colocar sob julgamento e nós queremos estar em julgamento". Eleito deputado em 2006 com mais de 170 mil votos e contemplado com 3.023 votos dos internautas, também brincou: “Eu me sinto naturalmente honrado com a lembrança, ainda que a minha votação tenha caído muito da eleição para esta eleição dos internautas”. E acrescentou: “A alegria tem como contrapartida nossa humildade coletiva no sentido de buscarmos um aprimoramento constante”. (vídeo)
  
Gustavo Fruet (PSDB-PR), segundo deputado mais votado pelos internautas em 2006 e quinto em 2007, afirmou que o Prêmio Congresso em Foco provoca a reflexão sobre o “futuro da democracia”, numa conjuntura na qual a atividade política passa por um momento de “criminalização e judicialização”. (vídeo)

Eduardo Suplicy (PT-SP), contrariando a fama de prolixo, fez um dos discursos mais breves. O senador – o mais votado pelos jornalistas neste ano e o quarto mais votado pelos internautas – deu ênfase à "escolha democrática" propiciada pelo prêmio e devolveu a homenagem ao demais parlamentares premiados: "A todos vocês, a minha homenagem, aos meus colegas no Senado, no Congresso Nacional, pelo estímulo que vocês são para nós, todo dia". (vídeo)

Flávio Dino (PcdoB-MA), que teve a quarta maior votação na internet em seu primeiro ano de mandato como deputado federal, usou da palavra para expressar a visão de que o prêmio pode servir de “chamamento a legiões e legiões de jovens, para que compreendam a dignidade da política” e contribuam "para a renovação dos quadros dirigentes". (vídeo)

Renato Casagrande (PSB-ES), segundo lugar entre os senadores, falou que o prêmio e a elevada presença de parlamentares na cerimônia seriam uma “demonstração clara do prestígio do site”. (vídeo)

Alvaro Dias (PSDB-PR), um dos senadores mais assíduos deste ano e o mais votado na internet em 2006, lembrou que a imagem dos congressistas perante o povo não é boa, e defendeu a necessidade de "separ

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!