Conexão de petista foi usada para atualizar perfil contra Aécio no Facebook

Os acessos da professora Marilena Chauí teriam ocorrido entre os dias 28 e 29 de outubro, pelas informações do jornal O Globo. Apesar disso, os advogados do PSDB não sabem que houve a atualização do perfil satírico nestes dois dias

Reportagem do jornal O Globo deste sábado revela que a conexão de internet residencial da filósofa e professora da Universidade de São Paulo (USP) Marilena Chauí, que tem ligações com o PT, foi usada para atualizar o perfil satírico do Facebook “Aécio Boladasso” em outubro de 2013.

De acordo com o jornal, a informação foi dada à Justiça após o PSDB ajuizar ação para identificar possíveis autores de injúrias contra o então pré-candidato à presidência da República. Os acessos da professora teriam ocorrido entre os dias 28 e 29 de outubro, pelas informações do jornal. Apesar disso, os advogados do PSDB não sabem que houve a atualização do perfil satírico nestes dois dias.

Ao jornal, a professora negou qualquer acesso ao perfil satírico. “Aliás, eu só sei usar a internet como correio, portanto, uso exclusivamente para enviar e receber mensagens de gente que conheço. Todo o resto fica num spam, que eu nunca abro”, informou a docente.

Confira a reportagem completa

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!