Com falhas técnicas, 128 urnas são substituídas

Balanço do TSE até às 11h registrou 128 urnas substituídas em todo o país. São Paulo é a cidade que teve mais problemas até agora e um furto foi registrado na cidade. Nenhuma urna de papel teve de ser utilizada até o momento

Nas três primeiras horas de realização do segundo turno das eleições municipais 2012, 128 urnas tiveram que ser trocadas em todo o país devido a problemas técnicos. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral, das 50 cidades que escolhem seus prefeitos neste domingo (28), 29 tiveram problemas com as urnas. O índice representa 0,15% das 86,1 mil urnas utilizadas em todo o país.

Leia também:

Veja as últimas pesquisas em 34 cidades do país

O balanço parcial mostra que o município paulistano, maior colégio eleitoral do país, foi o que teve mais problemas, com 24 urnas substituídas o que representa 0,10% do total de 23,6 mil urnas disponíveis na cidade. Manaus (AM) teve que trocar 15 urnas, Joinville (SC) substituiu 12, Duque de Caxias (RJ) e Blumenau (SC) trocaram 8 urnas cada, Santo André (SP), 7 e Curitiba (PR), 6. Nas demais cidades a troca variou entre 4 e 1 urnas substituídas.  De acordo com o tribunal, todas elas foram trocadas por outros aparelhos eletrônicos. Os mesários ainda não precisaram recorrer às cédulas de papel. Ainda segundo o TSE, existem 8.814 urnas reservas em todo o país.

Em São Paulo, uma das urnas chegou a ser roubada durante a madrugada. O crime ocorreu na Escola Estadual Professor Francisco de Assis Pires Corrêa, na zona leste da cidade. A urna era da seção eleitoral nº 26 e nenhum voto tinha sido computado nela. Os funcionários da escola fizeram a substituição do aparelho por volta das 8h30.

Neste domingo, 31,7 milhões de brasileiros terão de comparecer a uma zona eleitoral para escolher o prefeito de 50 municípios. No primeiro turno, os resultados confirmados saíram às 20h. No entanto, devido ao horário de verão, os resultados devem atrasar neste segundo turno, só saindo por volta das 21h30.

Leia também:

Segundo turno chega sem barrados pela ficha limpa
Quase 90 cidades poderão ter novas eleições
O mapa do poder após as eleições em primeiro turno

Saiba mais sobre o Congresso em Foco

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!