Sem trabalho, Câmara tem 34 novos deputados

Parlamentares por um mês terão direito ao salário proporcional de R$ 26,7 mil e a usar verba de gabinete de R$ 78 mil. Desses, apenas sete continuarão na Casa em fevereiro por terem sido eleitos em outubro

Apesar de a Câmara não trabalhar em janeiro, a Mesa Diretora empossou 34 deputados entre 30 de dezembro e esta sexta-feira (9). A maior parte - 27 - ficará no cargo apenas até 31 de janeiro, período sem sessões na Casa, já que em 1º de fevereiro assumem os integrantes da nova Legislatura. Todos eles terão direito ao valor proporcional do salário de janeiro (R$ 26,7 mil) e a usar a verba de gabinete, atualmente em R$ 78 mil.

Desde segunda-feira (5), nove deputados foram empossados. Destes, seis assumem o cargo pela primeira vez na legislatura. Os outros três já passaram pela Câmara em algum momento nos últimos quatro anos. São eles: Fernando Jordão (PMDB-RJ), Paulo Henrique Lustosa (PMDB-CE) e Walter Ihoshi (PSD-SP). Apenas Jordão continuará a partir de fevereiro, já que faz parte da relação dos 513 deputados eleitos em outubro.

Entre os deputados que deixaram a Câmara nos últimos dias, antes do término do mandato, estão Nelson Pellegrino (PT-BA), que se licenciou para assumir a Secretaria de Turismo da Bahia. Já George Hilton (PRB-MG) deixou o cargo após ser indicado para o Ministério do Esporte pela presidenta Dilma Rousseff. Arnaldo Jardim (PPS-SP) foi escolhido para a Secretaria de Agricultura pelo governador reeleito Geraldo Alckmin (PSDB).

Os deputados que foram eleitos em outubro, além do salário e da possibilidade de usar a verba de gabinete, terão direito a outro benefício. Vão receber um benefício extra, também no valor de R$ 26,7 mil, como ajuda para custear a mudança a Brasília. São eles: Afonso Motta (PDT-RS), Max Filho (PSDB-ES), Silvio Torres (PSDB-SP), Dr. Sinval Malheiros (PV-SP), Fernando Jordão (PMDB-RJ), Marcus Vicente (PP-ES) e Bebeto Galvão (PSB-MG).

Veja o quadro atualizado de deputados de um mês de mandato:

Quem assumiu Quem deixou o cargo
Gilberto Coutinho (PT-AL) Rosinha da Adefal (PTdoB-AL)
Humberto Michiles - (PR-AM) Henrique Oliveira (SD-AM)
Bebeto Galvão (PSB-BA)* Nelson Pelegrino (PT-BA)
Sérgio Barradas Carneiro (PT-BA) Rui Costa (PT-BA)
Joseph Bandeira (PT-BA) João Leão (PP-BA)
Paulo Henrique Lustosa (PP-CE) Artur Bruno (PT-CE)
Marcus Vicente (PP-ES)* Sueli Vidigal (PDT-ES)
Max Filho (PSDB-ES)* César Colnago (PSDB-ES)
Maurício Almeida (PSDB-MA) Simplício Araújo (SD-MA)
Telma Pinheiro (PSDB-MA) Carlos Brandão (PSDB-MA)
Akira Otsubo (PMDB-MS) Reinaldo Azambuja (PSDB-MS)
Marcus Lima (PMDB-MG) Miguel Corrêa (PT-MG)
Wellington Salgado (PMDB-MG) George Hilton (PRB-MG)
Silas Brasileiro (PMDB-MG) Antonio Andrade (PMDB-MG)
Wandson Ribeiro (PCdoB-MG) Odair Cunha (PT-MG)
Carlos Martins (PT-PA) Zequinha Marinho (PSC-PA)
Professor Sérgio de Oliveira (PSC-PR) Ratinho Junior (PSC-PR)
Luiz Nishinori (PR-PR) Cida Borghetti (Pros-PR)
Bruno Rodrigues (PSDB-PE) André de Paula (PSD-PE)
Osvaldo Coelho (DEM-PE) Raul Henry (PMDB-PE)
Severino Ninho (PSB-PE) Danilo Cabral (PSB-PE)
Fernando Jordão (PMDB-RJ)* Filipe Pereira (PSC-RJ)
Afonso Motta (PDT-RS)* Vieira da Cunha (PDT-RS)
Fernando Zacchia (PMDB-RS) Eliseu Padilha (PMDB-RS)
Fernando Marroni (PT-RS) Pepe Vargas (PT-RS)
Marcio Junqueira (Pros-RR) Paulo César Quartieiro (DEM-RR)
Walter Ihoshi (PSD-SP) Arnaldo Jardim (PPS-SP)
Manoel Antunes (PDT-SP) João Dado (SDD-SP)
Silvio Torres (PSDB-SP)* Duarte Nogueira (PSDB-SP)
Léo Oliveira (PMDB-SP) Edinho Araújo (PMDB-SP)
Marcelinho Carioca (PT-SP) Márcio França (PSB-SP)
Sinval Malheiros (PV-SP)* Roberto de Lucena (PV-SP)

*Foram eleitos em outubro e assumirão novo mandato em 1º de fevereiro

Fonte: Secretaria-Geral da Mesa

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!