Cassado, Cunha aconselha eleitores: “Faça sua escolha para não se arrepender depois”

"Alguém será eleito de qualquer maneira, logo faça sua escolha para não se arrepender depois", escreveu o deputado, cassado há menos de um mês

 

 

O ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) incentivou seus seguidores no Twitter na manhã deste domingo (2) a comparecer às urnas. Cassado há menos de um mês, o peemedebista declarou seu voto no candidato a vereador Chiquinho Brazão (PMDB), mas não divulgou a escolha do prefeito. O candidato do PMDB na capital fluminense é Pedro Paulo, um dos 450 votos a favor da cassação de Cunha na Câmara. "Em respeito ao meu partido eu não vou falar do prefeito. Mas com certeza não votei em quem votou contra mim”, disse o peemedebista.

Ainda afastado do exercício do mandato, Cunha participou do evento de lançamento da campanha de Chiquinho, no início de agosto, quando dividiu o palanque com o prefeito da capital, Eduardo Paes.

Ao deixar seu colégio eleitoral na manhã deste domingo, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, Cunha falou com a imprensa e disse que ainda entrará com recursos contra a sua cassação na Câmara. O peemedebista defendeu que seu processo ainda não está "sepultado". "Ainda vou entrar com alguns recursos. Algumas ações no Supremo [Tribunal Federal]. Já entrei com embargo na Câmara. Eu não diria para você que esse assunto está sepultado”, disse o ex-deputado.

Cunha foi votar acompanhado de sua filha e chegou pouco depois das 9h em sua zona eleitoral. Apesar da pouca movimentação no local logo cedo, a presença do ex-deputado provocou reações diversas entre os eleitores que ali estavam. Um deles o chamou de "palhaço", enquanto outros o cumprimentaram e tiraram até selfie com o peemedebista.

No Twitter, entre comentários sobre o desempenho do Flamengo, Cunha aconselhava os seguidores: "Vamos as urnas hoje para escolhermos o futuro prefeito de cada cidade e seus vereadores", escreveu. "Não deixem de comparecer e não deixem de votar. Alguém será eleito de qualquer maneira, logo faça sua escolha para não se arrepender depois", avisou.

Mais sobre Eleições 2016

Mais sobre Eduardo Cunha

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!