Cantor Belchior morre aos 70 anos

Em nota publicada nas redes sociais, o governador do Ceará, Camilo Santana, lamentou a morte do cantor e decretou luto oficial de três dias no estado. De acordo com a polícia, Belchior morreu de causas naturais

 

 

O cantor e compositor Carlos Gomes Belchior Fontenelle Fernandes, mais conhecido como Belchior, morreu na madrugada deste domingo (30), aos 70 anos, no Rio Grande do Sul.

Um dos ícones da MPB, Belchior, natural de Sobral, no Ceará, é autor de sucessos como Apenas um Rapaz Latino-Americano e Como Nossos Pais. A polícia informou que ele morreu de causas naturais.

Em nota publicada nas redes sociais, o governador do Ceará, Camilo Santana, lamentou a morte do cantor e decretou luto oficial de três dias no estado.

“Recebi com profundo pesar a notícia da morte do cantor e compositor cearense Belchior. Nascido em Sobral, foi um ícone da música popular brasileira e um dos primeiros cantores nordestinos de MPB a se destacar no país, com mais de 20 discos gravados. O povo cearense enaltece sua história, agradece imensamente por tudo que fez e pelo legado que deixa para a arte do nosso Ceará e do Brasil”, disse Santana.

Leia a íntegra da nota oficial do Governo do Ceará:

"O Governo do Ceará lamenta profundamente o falecimento do cantor e compositor cearense, Belchior, aos 70 anos, na noite deste sábado, 29, na cidade de Santa Cruz, no Rio Grande do Sul. E informa que está prestando todo o apoio à família, inclusive providenciando o traslado do corpo para Sobral, sua cidade natal. O governador Camilo Santana está decretando luto oficial de três dias. Belchior é dono de uma trajetória artística da mais absoluta importância para a cultura do Estado. Sua carreira o levou ao patamar de um dos maiores ícones da Música Popular Brasileira, promovendo o nome do Ceará em todo o Brasil e no mundo".

 

Mais sobre música

Continuar lendo