Candidato a prefeito é assassinado em Goiás; vice-governador é baleado

Ex-prefeito de Itumbiara e ex-deputado federal, Zé Gomes (PTB) não resistiu aos ferimentos. Autor dos disparos foi morto por seguranças do vice-governador, José Eliton, que está internado. Atentado ocorreu durante ato de campanha eleitoral no município

O vice-governador de Goiás, José Eliton (PSDB), e o ex-deputado federal e ex-prefeito de Itumbiara José Gomes da Rocha (PTB) foram vítimas de um atentado na tarde desta quarta-feira (28) no município goiano localizado a cerca de 190 km de Goiânia, na divisa com Minas Gerais. Candidato a prefeito, Zé Gomes, como era mais conhecido, não resistiu aos tiros que levou na cabeça e morreu.

O autor dos disparos, cujo nome ainda não foi informado, também foi morto pelos seguranças do vice-governador. Igual destino teve o cabo da Polícia Militar Vanilson João Pereira, que escoltava o vice-governador José Eliton. As informações iniciais são de que o vice está sendo submetido a uma cirurgia e não corre risco de morte.

Eles foram alvejados por um homem que estava em um carro preto, enquanto participavam de um ato da campanha de Zé Gomes. Eliton também é secretário estadual de Segurança Pública de Goiás e exerce interinamente o governo devido à viagem oficial feita pelo governador Marconi Perillo (PSDB) aos Estados Unidos.

Zé Gomes, de 58 anos, foi prefeito de Itumbiara por dois mandatos, entre 2005 e 2012. Também foi deputado federal por quatro mandatos. Na Câmara, integrou a bancada da bola.

Outros políticos como o líder do PTB na Câmara, Jovair Arantes (GO), e o deputado estadual José Antônio (PTB) também estavam na carreata. Ainda não há confirmação se outras pessoas foram baleadas.

Mais sobre violência

Mais sobre eleições

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!