Cancelado debate on-line com presidenciáveis

Rudolfo Lago

Talvez seja um sinal de que os candidatos à Presidência ainda não compreenderam bem a força das novas ferramentas proporcionadas pela integração das pessoas na rede mundial de computadores. O primeiro debate on-line entre os presidenciáveis foi cancelado. O debate, que seria organizado em conjunto pelos portais iG, MSN, Terra e Yahoo, estava marcado para a segunda-feira (26). Foi cancelado porque os dois principais candidatos à Presidência, Dilma Rousseff, do PT, e José Serra, do PSDB, resolveram não participar.

Dilma foi a primeira a declinar do convite, gerando mesmo uma discussão entre sua equipe de campanha. Seu guru para assuntos da internet e redes sociais, Marcelo Branco, cobrou publicamente que ela deveria participar. Dilma foi, então, ao seu perfil no Twitter e respondeu: "Estou c/ presença confirmada em pelo menos cinco debates, quatro emTV, um em internet. Sempre q possível, incluímos na agenda. Mas às vezes ñ dá".

Ontem, Serra comunicou também aos portais que não participaria do debate. Dos três principais candidatos na disputa, apenas Marina Silva, do PV, havia confirmado a presença. Com a decisão, os responsáveis pelo debate resolveram cancelá-lo. De acordo com os organizadores, mais de 6 mil perguntas já haviam sido encaminhadas pelos internautas.

Ao saber do cancelamento, Marina reagiu na própria internet. Pelo Twitter, sugeriu que os internautas repliquem pela rede a frase (no jargão da rede, hash tag) "#euquero debate" . "A escolha livre só existe com um debate livre de ideias e propostas. O principal momento de os cidadãos exercerem seu controle sobre a decisão de um país é na escolha de seus representantes. Depois, esse controle é naturalmente menor. Nesta eleição, estão querendo apequenar até esse direito do eleitor. E é uma pena que essa recusa tenha acontecido justamente no canal de comunicação em que o eleitor é mais participativo, que é a internet. Por isso, #euquerodebate", escreveu Marina em seu blog.

Assim, o primeiro debate entre os presidenciáveis na internet fica marcado para o dia 18 de agosto, numa iniciativa conjunta entre o portal UOL e o jornal Folha de S. Paulo. Os principais candidatos já confirmaram a participação, e o debate será transmitido ao vivo por diversos veículos, inclusive o Congresso em Foco (leia mais).  

Continuar lendo