Câmara reduz idade mínima para quem quer se eleger governador e senador

Atualmente, para ser governador e vice-governador de Estado e do Distrito Federal é preciso ter 30 anos e, para se eleger senador é preciso ter 35 anos. A proposta da câmara é reduzir idade mínima para 29 anos

O Plenário da Câmara aprovou há pouco, por 362 votos a 48, a parte do relatório do deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) que reduz para 29 anos a idade mínima para a eleição de governador, vice-governador e senador.

Atualmente, para ser governador e vice-governador de Estado e do Distrito Federal é preciso ter 30 anos e, para se eleger senador é preciso ter 35 anos. A proposta ainda precisa passar em segundo turno na Câmara e depois seguir ao Senado.

Mais cedo, os deputados aprovaram, por 337 votos a 73, uma emenda do Solidariedade à proposta de reforma política (PEC 182/07 e apensadas) que reduz para 18 anos a idade mínima para a eleição de deputados federais e de deputados estaduais.

O texto aprovado nesta quinta-feira (11) modifica o artigo 14 da Constituição Federal. Atualmente, a idade mínima para ser parlamentar é de 21 anos. A proposta ainda precisará ser votada em segundo turno para depois seguir ao Senado.

A proposta causou muita discussão entre os parlamentares. Os deputados que defenderam a proposta, como o líder do PSDB na Câmara, Carlos Sampaio (SP), por exemplo, disseram que a medida se coaduna com a proposta de redução da maioridade penal. “É uma oportunidade de inserir plenamente o jovem na política”, defendeu Sampaio.

Com informações da Agência Câmara

 

Saiba mais sobre a reforma política

Continuar lendo