Câmara dá início à votação que pode prorrogar concessões de rodovias

 

O Plenário da Câmara dos Deputados iniciou a Ordem do Dia, destinada a votar medidas provisórias que trancam a pauta e estão próximas da perda de vigência.

O primeiro item é a Medida Provisória 800/17, que autoriza a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) a celebrar aditivo contratual com as concessionárias de rodovias federais para alongar o prazo de execução de investimentos previstos originalmente.

A MP 800 precisa ser votada pela Câmara e pelo Senado até o dia 26 de fevereiro ou perderá a validade.

Essa postergação dos investimentos poderá ocorrer uma única vez em comum acordo com a concessionária. O prazo máximo da reprogramação será de até 14 anos, condicionado à demonstração da sustentabilidade econômico-financeira da concessão.

A reprogramação implicará a suspensão das obrigações de investimentos e das multas.

A oposição continua a obstruir os trabalhos, criticando o conteúdo da MP e o governo Temer. No momento, está em análise requerimento de retirada de pauta da matéria.

 

<< Temer lança nesta terça pacote com concessões de rodovias, ferrovias e linhas de transmissão

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!