Professores terão prioridade na restituição do Imposto de Renda; só falta sanção de Temer

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara aprovou nessa quarta-feira (16) um projeto de lei (1465/11) que concede aos professores prioridade no recebimento da restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF). Pela proposta, que segue para a sanção presidencial, eles serão os primeiros, após os idosos, a ter direito a receber o dinheiro. Essa preferência valerá para aqueles que têm o magistério como sua principal fonte de renda. Atualmente, conforme o Estatuto do Idoso (Lei 10.741/03), pessoas com idade igual ou superior a 60 anos já têm prioridade no recebimento da restituição do IR.

<< Veja a íntegra do projeto de lei

O parecer do relator, deputado Patrus Ananias (PT-MG), foi pela constitucionalidade, juridicidade e técnica legislativa do projeto. O projeto rejeitado concede prioridade aos contribuintes maiores de 65 anos que tenham rendimentos tributáveis em valor igual ou inferior a R$ 30 mil.

A mudança na lei, proposta pelo senador Cristovam Buarque (PPS-DF), já passou pelo Senado. Na Câmara, antes da CCJ, foi aprovado pela Comissão de Finanças e Tributação. Por tramitar em caráter conclusivo, seguirá para a sanção presidencial caso não haja recurso para apreciação em Plenário.

Com informações da Agência Câmara

Governo recua da ideia de aumentar o Imposto de Renda

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!