Caiado: Dias como vice de Serra é “agressão” ao DEM

Rodolfo Torres


A reação do DEM à possível escolha do senador Alvaro Dias (PSDB-PR) como companheiro de chapa de José Serra pode ser mais dura do que o PSDB imaginava inicialmente. O presidente do PSDB, Sérgio Guerra, começou a consultar os partidos parceiros sobre a escolha de Dias. Deixou para falar com o DEM por último. Mas o presidente do PTB, Roberto Jefferson, antecipou-se e comunicou a escolha em seu twitter. Em seguida, o presidente do PPS, Roberto Freire, confirmou a consulta. O problema para o DEM é ter sido o último a saber. Além disso, o partido, como principal aliado do PSDB na campanha, esperava a possibilidade de indicar o vice.

Assim, o deputado Ronaldo Caiado (DEM-GO) criticou duramente a possibilidade de o candidato a vice na chapa de Serra ser Alvaro Dias. “Isso é uma agressão completa ao Democratas”, afirmou o deputado goiano.


“Se isso é um fato consumado, o partido tem de se reunir e repensar sua posição... É simplesmente um desastre”, explicou ao Congresso em Foco.


Ronaldo Caiado ressaltou que o próprio DEM chegou a defender uma candidatura “puro sangue” do PSDB se, e somente se, o candidato a vice fosse o ex-governador de Minas Gerais Aécio Neves. “Ele tem peso e liderança.”


Contudo, para Caiado, uma eventual indicação de Alvaro Dias para compor a chapa de Serra é um rearranjo interno dos tucanos, que procuram acomodar o senador após ele não ganhar a legenda para concorrer ao governo do Paraná.


“As lideranças da educação têm horror ao Alvaro”, destaca Caiado, explicando que quando governador, o tucano chegou a lançar “a cavalaria” contra professores.   


Por fim, o parlamentar do DEM frisou que não fala pelo partido e que não há até o momento nenhuma posição do PSDB sobre o assunto.


Confirmações

Apesar da reação do DEM, após as manifestações de Jefferson e Freire, os tucanos confirmaram a escolha de Alvaro Dias. Ao portal G1, o senador paranaense afirmou que aceitou a convocação do seu partido. Pelo Twitter, o presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), disse que a indicação do tucano paranaense está sendo analisada pelos aliados.


“O PSDB sugeriu hoje o nome do senador Alvaro Dias como candidato a vice-presidente na chapa de José Serra. Alvaro é um senador de grande coerência e capacidade. Ele ajuda a dignificar o Parlamento brasileiro. Sua indicação está sendo apreciada por líderes e presidentes dos partidos coligados.”

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!