Bolsonaro nega apoio a Crivella no 1º turno: “muito trabalho na presidência”

O presidente Jair Bolsonaro afirmou no Facebook que não vai apoiar a campanha de prefeitos no primeiro turno das eleições. De acordo com ele, há “muito trabalho” na presidência e a atividade tomaria muito tempo no momento de “pandemia e retomada da economia”.

A afirmação foi feita após um internauta questionar o presidente  se ele estaria apoiando a reeleição do atual prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos-RJ).  Bolsonaro também disse que continua tentando criar o partido Aliança pelo Brasil, mas que tem conversado com três partidos caso a criação não se concretize até 2021.

Uma pesquisa divulgada pelo jornal Correio da Manhã ontem (2), mostrou que se o presidente Bolsonaro apoiar Crivella nas eleições municipais, o atual prefeito chegaria a 22%, enquanto o seu concorrente, Eduardo Paes (DEM-RJ) a 19%. Mas, sem o apoio de Bolsonaro, o estudo mostra que Marcelo Crivella fica em segundo lugar na disputada com cenário favorável a Eduardo Paes com um placar de 25% para 16%.  A pesquisa foi realizada em agosto, antes do afastamento do governador Wilson Witzel e feita  pelo Instituto de Pesquisa e Pós Graduação (Ipespe).

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!