Bolsonaro será operado novamente

O presidente Jair Bolsonaro revelou neste domingo (1º) que vai passar por uma nova cirurgia. Durante passagem por São Paulo, ele publicou uma foto nas redes sociais ao lado dos dois médicos que o operaram depois que ele foi esfaqueado na campanha eleitoral do ano passado e disse que vai curtir "uns 10 dias de férias com eles brevemente".

"Agora em São Paulo com os Drs. Macedo e Leandro. Pelo que tudo indica “curtirei” uns 10 dias de férias com eles brevemente. Bom dia a todos", escreveu Bolsonaro no Twitter. Logo depois, o vereador Carlos Bolsonaro (PSL-RJ) respondeu o post do pai: "Tudo vai dar certo! Estarei junto".

Horas depois, o presidente explicou o motivo da nova cirurgia. Segundo boletim médico divulgado pelo próprio presidente, Bolsonaro será operado para corrigir uma hérnia incisional, que surgiu em decorrência das outras três intervenções cirúrgicas às quais foi submetido para tratar o ferimento provocado pela facada.

Em nota, o Hospital Vila Nova Star, no qual Bolsonaro foi avaliado, destacou que a hérnia foi identificada em uma consulta de rotina realizada neste domingo e que, na ocasião, o médico Antonio Luiz Macedo elogiou a saúde do presidente.

Mesmo assim, Bolsonaro já deixou a cirurgia marcada para o próximo domingo (8). A operação vai acontecer apenas dois dias depois de o atentado a faca sofrido por Bolsonaro completar um ano.

> Servidores do ICMBio pedem fim de ingerência e assédio ao governo

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!