Bolsonaristas utilizam robôs para impulsionar 7 de setembro no Twitter

Com o objetivo de convocar os aliados do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) às ruas no Sete de Setembro, bolsonaristas utilizaram de impulsionamento artificial nas redes sociais. A conclusão é da análise realizada pelo Radar Aos Fatos feita a partir de 332.927 tweets e retweets com hashtags dos atos.

Na apuração, foi comparado o desempenho tags no Twitter: #Dia07VaiSerGigante, #7deSetembroVaiSerGigante, #Dia7VaiSerGigante, referentes aos atos de apoio ao presidente e as comuns na rede: #TBT (publicação antiga postada nas quintas-feiras), #TheMaskedBrasil (programa de TV) e o "sextou".

A atuação das hashtags sobre as manifestações pró-Bolsonaro sobressai, em pelo menos, 15 pontos, às outras três não ligadas ao governo.

O desempenho aponta para uma inflação artificial nas redes sociais. Isso acontece quando um pequeno grupo de usuários da rede possui grande peso nas publicações. No entanto, na inflação artificial, os perfis, em sua grande maioria, são realizados por robôs automatizados para reproduzir a mesma mensagem nas redes.

O Twitter afirmou a retirada de cerca de 100 perfis da rede por "violações à sua política contra spam e manipulação”.

Os protestos do 7 de Setembro foram convocados por apoiadores do governo, em meio às ofensivas de Bolsonaro contra o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Histórico

Não é a primeira vez que os aliados do presidente usam de impulsionamento artificial nas redes sociais. No evento mais recente, em 1 de agosto, bolsonaristas foram às ruas em manifestações pelo voto impresso. Enquanto os atos aconteciam, o twitter era bombardeado pelas hashtags: “brasilpelovotoauditavel”,  “hojevaisergigante”, “votoimpreso".

Na plataforma Bot Sentinel, que rastreia contas não autênticas, foi possível perceber o uso de pelo menos 2.582 vezes o termo “brasilpelovotoauditavel”. Ao todo, contas inautênticas, os chamados robôs, publicaram as hashtags 3.207 vezes.

> Oito estados e o DF devem punir policiais que participarem de atos no Sete de Setembro

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito.
Mantenha o Congresso em Foco na frente.
JUNTE-SE A NÓS

Continuar lendo