Bolsonaristas fazem “esquenta” de atos do 7 de setembro em conferência conservadora

Às vésperas das manifestações do feriado do dia 7 de setembro, aliados do presidente da República, Jair Bolsonaro, participam de uma conferência conservadora que está sendo realizada em Brasília. A Conferência de Ação Política Conservadora (CPAC), traduzido do inglês, acontece entre os dias 03 e 04 de setembro. O filho do presidente Bolsonaro, deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ), é o presidente do instituto que organiza o evento. Ex-ministros, ministros e aliados do presidente estão confirmados para dar palestras no evento que acontece no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

Entre os palestrantes da edição estão o filho do presidente, deputado Eduardo Bolsonaro, Onyx Lorenzoni, ministro do Trabalho e da Previdência, Mário Frias, secretário especial de Cultura, Ernesto Araújo, ex-ministro das Relações Exteriores, Ricardo Salles, ex-ministro do Meio Ambiente e a deputada Bia Kicis (PSL-DF).

A conferência também terá participação de nomes internacionais, como Donald Trump Jr, filho do ex-presidente dos Estados Unidos, Mark E. Green e Charlie Gerow, congressistas norte-americanos.

Nas redes sociais, o ex-ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, defende que a Conferência é importante para reunir “a turma da direita”. “O Brasil não pode ser o único país do mundo onde só tem discussão e visão de pautas de esquerda”, afirmou.

O deputado Eduardo Bolsonaro também tem usado as redes sociais para falar sobre o CPAC brasileiro. Em um vídeo gravado no Centro de Convenções, o deputado diz que “graças aos patrocinadores do evento”, quem não puder comparecer ao evento poderá assisti-lo online. No site do evento, consta como patrocinador os grupos Gettr, do ex-auxiliar e porta-voz de Donald Trump, Jason Miller. A rede social estadunidense Parler também conta como patrocinadora do evento.

Há dois anos a primeira Conferência que aconteceu no Brasil foi sediada em São Paulo e financiada pela Fundação Instituto de Inovação e Governança (Indigo), vinculada ao PSL, antigo partido do presidente Bolsonaro A Conferência que acontece em Brasília é financiada pelo Instituto Conservador-Liberal, fundado em dezembro por Eduardo.

O evento foi criado em 1973 pelos grupos American Conservative Union (ACU) e Young Americans for Freedom (YAF) e tenta seguir os princípios conservadores que o originaram. As edições americanas reuniram personalidades como os ex-presidentes dos EUA Donald Trump, George W. Bush, e Nigel Farage, ex-líder do partido UK Independence Party.

Prêmio registra mais de 170 mil votos em menos de 48 horas

Deputados repercutem novas denúncias de rachadinhas da família Bolsonaro

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito.
Mantenha o Congresso em Foco na frente.
JUNTE-SE A NÓS

Continuar lendo