Bebianno se aproxima de presidente da OAB e diz que Brasil “deve se unir”

O ex-ministro e ex-presidente do PSL Gustavo Bebianno vai trabalhar como assessor especial da Ordem dos Advogados do Brasil. Segundo afirmou nesta quarta-feira (6) ao Congresso em Foco, o convite partiu do presidente da entidade, Felipe Santa Cruz.

“É lógico que aceitarei. Gosto imensamente do Felipe. Nossa relação é uma prova, uma demonstração concreta, de que o Brasil pode, e deve, urgentemente, arrefecer os ânimos, conversar e se unir”, disse Bebianno.

>Presidente da OAB diz que Bolsonaro é cruel e falta nele empatia

O atual presidente da OAB já foi filiado ao PT, partido pelo qual concorreu a vereador pelo Rio de Janeiro em 2004.

O ex-advogado de Jair Bolsonaro ressaltou ao site que não concorda com as posições políticas de Santa Cruz:

“Nós termo visões políticas que divergem em vários aspectos, mas é exatamente isso o que enriquece a relação e ilumina a alma. Das divergências nasce a luz. O importante é que todos nós estejamos unidos pelo Brasil e, principalmente, pela proteção à nossa democracia. Sem democracia simplesmente não há a liberdade do povo”.

No dia 29 de julho, o presidente Jair Bolsonaro atacou Santa Cruz ao falar sobre seu pai, Fernando Santa Cruz, desaparecido político no período da Ditadura Militar. “Um dia, se o presidente da OAB quiser saber como é que o pai dele desapareceu no período militar, eu conto pra ele. Ele não vai querer ouvir a verdade”, disse o político do PSL.

Bebianno presidiu o PSL e advogou para Jair Bolsonaro durante a campanha presidencial de 2018. Ele foi o primeiro a sair do governo após 48 dias no comando do Ministério da Secretaria-Geral da Presidência. O motivo da demissão foi desavenças envolvendo o segundo filho de Jair Bolsonaro, o vereador Carlos Bolsonaro.

O ex-ministro é  formado em Direito pela PUC-RJ (Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro) e trabalhou para o escritório do advogado Sérgio Bermudes, um dos maiores do país.

> Bolsonaro se confunde e chama presidente do BNDES de Gustavo Bebianno

Campanha do Congresso em Foco no Catarse