Barrados pela lei da Ficha Limpa, candidatos aos governos de MT e RR colocam suas mulheres na disputa

Candidaturas de Neudo Campos e José Riva foram barradas pela Justiça eleitoral com base na lei da Ficha Limpa

Em Roraima, o ex-governador Neudo Campos (PP) renunciou nesta sexta-feira (12) à candidatura ao governo do estado e colocou sua mulher, Suely Campos (PP), na disputa pelo cargo.

Em Mato Grosso, o deputado estadual José Riva (PSD) também anunciou hoje a mulher Janete Riva (PSD) para substituí-lo na corrida pelo governo estadual.

Em comum: as candidaturas de Campos e Riva foram barradas pela Justiça eleitoral com base na lei da Ficha Limpa.

Neudo Campos foi condenado pelo Tribunal Regional Federal por peculato e pelo Tribunal de Contas da União por não prestar contas, quando gestor, da construção de um anel viário inacabado.

Suely Campos já foi deputada federal e vice-prefeita de Boa Vista (RR).

No caso de Riva, a Justiça considerou quatro condenações colegiadas por improbidade administrativa. Ele é apontado como o "maior ficha-suja do país" por responder a mais de cem processos, principalmente por suposto esquema de desvio de recursos da Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

Janete Riva ocupou o cargo de secretária estadual de Cultura. Proprietária rural, foi acusada de submeter funcionários a condições análogas ao trabalho escravo.

 

Mais sobre eleições 2014

Assine a Revista Congresso em Foco

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!