Bancada ruralista vai mostrar à Europa que se preocupa com Amazônia, diz Maia

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta quinta-feira (22) que a bancada ruralista está preocupada com os impactos que o avanço do desmatamento na Amazônia tem causado na imagem do Brasil internacionalmente. Por isso, começou a procurar países europeus para afirmar que não é intenção do Congresso Nacional aprovar leis que flexibilizem a preservação ambiental.

> Bolsonaro convoca reunião de emergência para discutir queimadas

“Eles marcaram uma audiência na embaixada da Grã-Bretanha e depois vamos marcar algumas visitas, se necessário for, a alguns parlamentos da Europa para mostrar que o parlamento brasileiro está em diálogo com o governo e em nenhum momento pretende aprovar leis que flexibilizem a preservação de um patrimônio que talvez seja o mais importante que o Brasil tem, que é o meio ambiente”, contou Rodrigo Maia, que disse ter tido uma longa e produtiva reunião com os deputados ruralistas e a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, nessa quarta-feira (21).

“Tive uma ótima reunião com bancada do agronegócio, que está com a mesma preocupação de mostrar que não é interesse dos nossos produtores desmatar e gerar esse tipo de desconfiança no nosso país”, contou o presidente da Câmara, que promete discutir alguns projetos com essa bancada.

Nesta quinta-feira, Rodrigo Maia ainda anunciou a criação de uma comissão externa da Câmara dos Deputados que vai acompanhar a questão das queimadas na Amazônia. “Também vamos fazer uma comissão geral para discutir soluções com todos os interessados”, acrescentou Maia, dizendo que é papel do parlamento ajudar a encontrar soluções para problemas nacionais como esse das queimadas.

“Cabe ao parlamento ajudar. Não estamos procurando impasse. Estamos querendo encontrar uma solução, já que o ambiente internacional com o Brasil nesse tema vem piorando e pode gerar problemas futuros, inclusive para nossas exportações”, justificou Maia.

> Comissão da Câmara vai acompanhar queimadas na Amazônia

> Rede faz pedido de impeachment contra Ricardo Salles ao STF

Amazôniabancada ruralistadesmatamento na Amazôniaembaixadagrã-bretanhaqueimadasRodrigo Maia