Bancada feminina não consegue ampliar presença no Congresso

Apenas 51 mulheres foram eleitas entre os 513 deputados. Número mantém o Brasil entre os países com menor presença feminina no Parlamento

Historicamente sub-representadas no Legislativo Federal, as mulheres não conseguiram ampliar seu espaço nas eleições de 2014. Foram eleitas 51 mulheres para a Câmara, o que representa praticamente 10% do total de integrantes da Casa. No Senado, cinco candidatas se elegeram ontem (5).  O número pouco variou em relação a 2010, quando 45 deputadas conseguiram um mandato na Câmara. Naquele ano, 12 ganharam cadeira no Senado, mas o número de vagas em disputa era o dobro das 27 em jogo nesse domingo.

O resultado mantém o Brasil entre os países com menor participação feminina no Parlamento. Em maio, o país aparecia em 129º lugar em uma lista atualizada da União Interparlamentar (UIP) sobre a presença das mulheres no Legislativo. A entidade analisou a situação de 189 países.

O resultado da eleição reforça a tese de que os atuais mecanismos de incentivo, como a cota de 30% para mulheres na composição das chapas, não são suficientes para ampliar a participação feminina nas esferas de poder.

Presença por estado

Rio de Janeiro e São Paulo elegeram a maior quantidade de mulheres dentre todos os estados, com seis representantes cada um.  Já Alagoas, Acre, Espírito Santo, Mato Grosso, Paraíba e Sergipe não elegeram nenhuma mulher para a Câmara. Pernambuco, Amazonas, Distrito Federal e Maranhão são alguns dos estados onde apenas uma mulher conseguiu uma vaga na Câmara.

No Maranhão, a estreante Eliziane Gama (PPS) conseguiu o feito de ser a mais votada dentre todos os federais no estado. Ela recebeu 133 mil votos.  Em Roraima, a também estreante Sheridan (PSDB) ficou em primeiro lugar com pouco mais de 35 mil votos.

Alice Portugal (PCdoB-BA), Bruna Furlan (PSDB-SP), Érica Kokay (PT-DF), Jandira Feghali (PCdoB-SP), Mara Gabrilli ( PSDB-SP) e Luiza Erundina (PSB-SP) são algumas das 20 mulheres que renovaram seus mandatos na Casa.

Conforme estudo realizado pelo Instituto de Estudos Socioeconômico e divulgado no dia 19 de setembro, a evolução na participação feminina está principalmente relacionada à exigência legal.

Mesmo representando mais da metade da população brasileira (51,04%), as mulheres continuam sendo minoria entre os postulantes a cargos públicos. De um total de 25.919 candidatos registrados no TSE, apenas 30,7% eram mulheres. Entre elas, 16,5% eram brancas e 14,2%, negras. Em 2010, as mulheres somavam 22,4% do total de candidatos.

Já no Senado cinco mulheres se elegeram no domingo (5). A bancada feminina será formada por oito integrantes. Neste domingo saíram vitoriosas Rose de Freitas (PMDB-ES); Simone Tebet (PMDB-MS); Fátima Bezerra (PT-RN), Maria do Carmo Alves (DEM-SE) e Kátia Abreu (PMDB-TO).

Veja abaixo como ficou a distribuição da bancada feminina por estado na Câmara dos Deputados:

ACRE
Jéssica Sales PMDB

ALAGOAS

AMAPÁ
Janete PSB
Jozi Rocha PTB
Professora Marcivânia PT

AMAZONAS
Conceição Sampaio PP

BAHIA
Alice Portugal PCdoB
Moema Gramacho PT

CEARÁ
Gorete Pereira PR
Luizianne Lins PT

DISTRITO FEDERAL
Érika Kokay PT

ESPÍRITO SANTO

GOIÁS
Flávia Moraes PDT
Magda Mofatto PR

MARANHÃO
Eliziane Gama PPS* mais votada 133 mil votos

MATO GROSSO

MATO GROSSO DO SUL
Tereza Cristina PSB

MINAS GERAIS
Brunny PSC
Dâmina Pereira PMN
Jô Moraes PCdoB
Margarida Salomão PT
Raquel Muniz PSC

PARÁ
Elcione PMDB
Julia Marinho PSC
Simone Morgado PMDB

PARANÁ
Christiane Yared PTN
Leandre PV

PARAÍBA

PERNAMBUCO

Luciana Santos PCdoB

PIAUÍ
Iracema Portella PP
Rejane Dias PT

RIO DE JANEIRO
Benedita da Silva PT
Clarissa Garotinho PR
Cristiane Brasil PTB
Jandira Feghali PCdoB
Rosângela Gomes PRB
Soraya Santos PMDB

RIO GRANDE DO NORTE
Dra. Zenaide PR

RIO GRANDE DO SUL
Maria do Rosário PT

RONDÔNIA
Mariana Carvalho PSDB
Marinha Raupp PMDB

RORAIMA
Maria Helena PSB
Shéridan PSDB - foi a mais votada do estado, com 35 mil votos

SANTA CATARINA
Carmen Zanotto PPS
Geovânia de Sá PSDB

SÃO PAULO
Ana Perugini PT
Bruna Furlan PSDB
Luiza Erundina PSB
Mara Gabrilli PSDB
Ota PSB
Renata Abreu PTN

SERGIPE

TOCANTINS
Dulce Miranda PMDB
Josy Nunes PMDB
Professora Dorinha DEM

 

Mais sobre as eleições

Mais sobre mulheres

Assine a Revista Congresso em Foco

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!