Áudio revela “características golpistas” de Temer, diz Berzoini

Ministro afirma estar “estupefato” com divulgação de áudio em que vice-presidente faz pronunciamento à nação como se o processo de impeachment tivesse sido autorizado pela Câmara

O ministro-chefe da Secretaria de Governo, Ricardo Berzoini, disse estar “estupefato” com o vice-presidente Michel Temer pela divulgação do áudio em que o peemedebista faz um pronunciamento à nação como se o impeachment tivesse sido aprovado pela Câmara. Em nota publicada no Blog do Planalto, Berzoini afirmou que Temer revela suas “características golpistas”. “Ele está confundindo a apuração de eventual crime de responsabilidade da presidenta Dilma com eleição indireta. Está disputando votos”, afirmou.

Na gravação encaminhada à bancada do PMDB, o vice-presidente simula uma declaração ao povo brasileiro e afirma que haverá sacrifícios, antecipando-se à decisão dos deputados, prevista para o próximo domingo (17). “Esse áudio demonstra as características golpistas do vice”, declarou Berzoini. “Transformou o processo numa eleição indireta para conseguir votos em favor do impeachment”, reforçou.

No áudio de 15 minutos, divulgado pela repórter Daniela Lima, da Folha de S.Paulo, Temer diz que estava “recolhido” para evitar atritos com os governistas, mas que decidiu falar “agora, quando a Câmara dos Deputados decide, por uma votação significativa, declarar a autorização para a instauração de processo de impedimento contra a senhora presidente”

Por meio de sua assessoria, Temer confirmou que o material é verdadeiro, mas que o enviou “por acidente” aos correligionários. “Trata-se de um exercício que o vice estava fazendo em seu celular e que foi enviado acidentalmente para sua bancada”, diz a explicação do presidente licenciado do PMDB.

Mais sobre impeachment

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!