Ao vivo: comissão do impeachment ouve acusação

Janaina Paschoal e Miguel Reale Júnior, dois dos denunciantes de Dilma no processo de deposição presidencial, fazem argumentação no Senado. Amanhã será a vez da defesa

Dois dos três autores do pedido do impeachment contra a presidente Dilma Rousseff, os juristas Miguel Reale Júnior e Janaina Paschoal, falam nesta quinta-feira (28) à comissão especial processante do Senado. Tanto a acusação quanto a defesa terão duas horas de exposição inicial. Em seguida, haverá espaço para questionamentos por parte dos senadores. A sessão está em curso em um dos auditórios da Casa e já registrou um impasse inicial quanto aos procedimentos de trabalho.

O pedido de impeachment apresentado pelos juristas Miguel Reale Júnior, Hélio Bicudo, Janaína Paschoal e Flávio Henrique Costa contra a presidente Dilma inicialmente estava fundamentado em quatro denúncias que implicam, segundo eles, crime de responsabilidade. São elas: a publicação de decretos sem número que aumentaram despesas sem autorização do Congresso Nacional, a prática das chamadas pedaladas fiscais, o não reconhecimento das dívidas do governo com os bancos oficiais e a possível omissão da petista no esquema de corrupção da Petrobras. Ao fim do processamento da matéria na Câmara, apenas os dois primeiros pontos da denúncia foram considerados e levados à apreciação do Senado.

Leia a íntegra do pedido de impeachment

Leia a íntegra da defesa de Dilma na comissão do impeachment

 

Assista ao vivo:

 

Veja quais são os próximos passos da comissão do impeachment

Mais sobre impeachment

Mais sobre crise política

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!