Comissão do Impeachment: após suspensão, líderes orientam votos

Discussão entre senadores e problema técnico na campainha da sala da comissão especial do impeachment provocaram a suspensão da reunião por cerca de 10 minutos. Ao todo, dez líderes indicaram votos e sessão deve ir até o meio da tarde

Marcada para começar às 10h desta sexta-feira (6), a reunião da Comissão Especial de Impeachment do Senado que vai votar o parecer do relator Antônio Anastasia (PSDB-MG) sofreu um atraso de cerca de 30 minutos. A sessão foi interrompida em função de um bate-boca entre o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) e os oposicionistas Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) e Aloysio Nunes (PSDB-SP). Além disso, foi preciso fazer uma pausa para a equipe de manutenção da Casa reparar um problema na campainha da comissão - que o presidente toca para pedir ordem na sala.

O relatório de Anastasia, favorável à admissibilidade do processo de impeachment da presidente Dilma, deve ser aprovado pela ampla maioria dos senadores do colegiado. Governistas e oposicionistas preveem que o parecer seja aprovado pela comissão por 16 votos favoráveis e 5 contrários. Após a reunião desta sexta-feira, a decisão será publicada no Diário do Senado. O próximo passo é a votação no Plenário da Casa, prevista para acontecer na próxima quarta-feira (11), segundo o presidente Renan Calheiros (PMDB-AL). Nesta etapa, para ser aceita a matéria precisará do apoio da maioria simples dos parlamentares presentes, e, partir daí a presidente é afastada por até 180 dias.

Antes da reunião, o senador Cássio Cunha Lima acusou Lindbergh Farias de ter divulgado em suas redes sociais uma frase "equivocadamente" atribuída a Aécio Neves. Na frase, Aécio se diz contra direitos trabalhistas. Lindbergh, por sua vez, disse que confia em sua assessoria e que, se a frase foi postada, é porque a afirmação era verdadeira.

Antes da votação no painel eletrônico, líderes dos dez partidos que compõem a comissão têm cinco minutos para defender uma posição e encaminhar suas bancadas. A expectativa é de que a reunião da comissão prossiga até o começo ou o meio da tarde.

Mais sobre o impeachment

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!