Saiba como será o Prêmio Congresso em Foco 2013

Regras para a escolha dos melhores parlamentares do ano foram apresentadas nesta quinta-feira a deputados, senadores, assessores e jornalistas

A largada para a escolha dos melhores parlamentares do ano no Prêmio Congresso em Foco 2013 foi dada nesta quinta-feira (20). As regras para a eleição foram apresentadas a deputados, senadores, assessores e jornalistas em um almoço em Brasília. Além das categorias principais (melhor deputado e melhor senador), estarão em disputa este ano oito categorias especiais temáticas. A edição deste ano traz algumas novidades: o processo de votação e a festa de premiação ocorrerão mais cedo em relação aos anos anteriores, o número de deputados premiados cairá de 25 para 20, e a quantidade de indicados pelos jornalistas para cada categoria especial também diminuirá, de cinco para quatro nomes. Outra inovação está na sugestão aos votantes de critérios na hora de definir suas escolhas.

Ao todo, 18 parlamentares (nove deputados e nove senadores) prestigiaram o evento de lançamento do prêmio (veja quem foi). Pelo regulamento do Prêmio Congresso em Foco 2013, qualquer parlamentar que exerça ou tenha exercido o cargo de deputado ou senador na atual legislatura, mesmo que esteja licenciado, pode ser votado. No entanto, a exemplo do ano passado, aqueles que respondem a inquéritos ou ações penais no Supremo Tribunal Federal (STF), enfrentem investigações nos conselhos de ética da Câmara e do Senado ou são alvo de denúncias de grave violação aos direitos humanos (como acusações de racismo, exploração de trabalho escravo e homofobia) não poderão ser votados.

Tanto jornalistas, na primeira fase, quanto os internautas que participarão da segunda rodada, têm absoluta liberdade para escolher os deputados e senadores em todas as categorias. Porém, a organização do Prêmio Congresso em Foco recomenda que a escolha leve em conta a trajetória e a reputação dos parlamentares, sua atuação legislativa e sua identidade com as demandas da sociedade.

Os premiados serão escolhidos em duas fases. Na primeira, de 24 a 27 de junho, pelos jornalistas que cobrem as atividades da Câmara e do Senado. Os mais votados nessa etapa estão, automaticamente, entre os melhores de 2013 e receberão, no mínimo, um certificado na festa de premiação, que será realizada em Brasília no dia 26 de setembro.

Categorias especiais

Os jornalistas e o público votarão em duas categorias gerais (“Melhores Deputados” e “Melhores Senadores” do ano) e oito categorias especiais. São elas: “Parlamentares de Futuro”, categoria na qual serão distinguidos apenas deputados federais e senadores com menos de 45 anos de idade; e os destaques na defesa da democracia, dos consumidores e da seguridade social.

Também serão reconhecidos os parlamentares que mais se destacaram na gestão pública, no combate ao crime organizado, na defesa do desenvolvimento econômico e na defesa da educação. A classificação final de cada um e seu respectivo prêmio – troféus, placas ou diplomas – serão definidos em votação na internet, de 9 de julho a 9 de setembro. Na internet, o público também pode incluir entre os premiados nomes preteridos pelos jornalistas.

Na primeira rodada de votação, quando participam os jornalistas especializados em cobertura do Congresso Nacional, cada profissional poderá votar em até dez deputados federais e no máximo cinco senadores, nas categorias gerais. E em até três parlamentares (indistintamente, senadores ou deputados federais), nas categorias especiais.

A íntegra do regulamento do Prêmio Congresso em Foco 2013

Mais sobre o Prêmio Congresso em Foco

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!