Ameaçados pela Ficha Limpa em Minas Gerais

Veja quem são os candidatos contestados pelo Ministério Público Eleitoral e o motivo do pedido de indeferimento da candidatura

Anderson Adauto Pereira (PRB)
Deputado Federal
Procuração e improbidade administrativa

Carlos Alberto Pereira (PMN)
Deputado Federal
Condenação por improbidade administrativa

Carlos do Carmo Andrade Melles (DEM)
Deputado Federal
Condenação da Justiça Eleitoral - abuso de poder político/econômico
O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) rejeitou o pedido da Procuradoria Eleitoral no último dia 5 e liberou a candidatura à reeleição do deputado. Mas ainda há possibilidade de recurso por parte dos procuradores eleitorais.

Evandro Felisberto dos Reis (PTC)

Deputado Estadual
Condenação por improbidade administrativa

Geraldo Hilário Torres  (PT do B)
Deputado Federal
Condenação da Justiça Eleitoral - Abuso de poder político/econômico

Hélio Pinheiro da Silva  (PTC)
Deputado Estadual
Condenação criminal - crime de receptação

Ivo Mendes Filho (PCdoB)
Deputado Estadual
Rejeição de contas públicas – ano 2012 – ex-prefeito de Ibiá

Jorge Tarcísio Torquato  (Psol)
Deputado Federal
Condenação da Justiça Eleitoral – dirigente de pessoa jurídica condenada por doação acima do limite legal

Leone Maciel Fonseca   (PMN)
Deputado Federal
Rejeição de contas públicas – ano - ex-prefeito de Sete Lagoas

Leonídio Henrique Corrêa Bouças (PMDB)
Deputado Estadual
Condenação por improbidade administrativa

Marcos Tolentino da Silva (PEN)
Deputado Federal
Condenação da Justiça Eleitoral

Natalício Tenório Cavalcanti Freitas Lima (PT do B)
Deputado Estadual
Condenação da Justiça Eleitoral

Neyval José de Andrade (PTC)
Deputado Estadual
Rejeição de contas públicas

Paulo César Silva (PMN)
Deputado Estadual
Rejeição de contas públicas

Paulo Orlando Rodrigues de Mattos (PT do B)
Deputado Federal
Procuração e condenação criminal

Pedro Ivo Ferreira Caminhas (PP)
Deputado Estadual
Condenação da Justiça Eleitoral – abuso de poder

Ronaldo Resende Ribeiro (PRB)
Deputado Federal
Rejeição de contas públicas em 2010 quando era prefeito de Oliveira

Silas Brasileiro (PMDB)
Deputado Federal
Condenação por improbidade administrativa

Os candidatos acima não estão impedidos de concorrer. As contestações serão analisadas pela Justiça eleitoral, que pode barrar ou não as respectivas candidaturas. Ainda assim, cabe recurso às decisões dos tribunais eleitorais e, em último caso, ao Supremo Tribunal Federal.

Mais sobre a Ficha Limpa

Mais sobre eleições 2014

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!