Alberto Filho confirma aluguel, mas descarta irregularidade

Deputado confirma locação de veículo com empresa que mais aluga a parlamentares, mas diz repudiar qualquer ilação de irregularidade. Ele já gastou mais de R$ 60 mil em apenas sete meses para alugar uma Toyota Hilux no Maranhão

O deputado Alberto Filho (PMDB-MA) confirmou, em nota enviada para a redação do Congresso em Foco, que mantém contrato de aluguel de uma caminhonete Toyota Hilux om a empresa ARL Barros Serviços Executivos Rent a Car.

Na sexta-feira (24), o site mostrou que a ARL Barros é a empresa que mais recebe recursos da Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar (Ceap), depois das companhias aéreas e telefônicas e dos Correios. Desde o início do ano passado, a locadora já faturou mais de R$ 500 mil com o aluguel de carros apenas para deputados – valor integralmente ressarcido aos parlamentares pela Câmara.

A figura por trás da empresa atende pelo nome de Parmênio Francisco Coelho Serra. Casado com Angela Rosa Lira Barros, que aparece oficialmente como proprietária da empresa, Parmênio admitiu, em entrevista ao Congresso em Foco, ser dono da locadora. É ele quem negocia os aluguéis com os gabinetes dos deputados. De acordo com os registros oficiais, Parmênio foi funcionário da Câmara de fevereiro de 2007 a janeiro de 2013.

Segundo informações do Portal da Transparência da Câmara dos Deputados, Alberto Filho foi o parlamentar que mais recorreu aos serviços da locadora de janeiro de 2011 para cá. Nesse período, ele pediu ressarcimento de R$ 63,5 mil para custear o aluguel da Toyota Hilux, usada no estado que ele representa no Congresso. Conforme a nota, o contrato de locação foi negociado pelo gabinete diretamente com Parmênio e as locações começaram em fevereiro de 2011. O deputado afirmou ainda que repudia qualquer ilação de que haja irregularidades de sua parte, no contrato firmado.

Como mostrou o Congresso em Foco, a Câmara já gastou mais de R$ 31 milhões em aluguéis de veículos e R$ 22,8 milhões com combustíveis e lubrificantes desde 2012. Mas o valor pode ser ainda maior, pois os deputados têm até 90 dias para prestar contas. Ou seja, valores gastos entre maio e julho deste ano ainda podem ser ressarcidos.

Leia abaixo a íntegra da nota enviada por Alberto Filho ao Congresso em Foco:

NOTA DE ESCLARECIMENTO SOBRE LOCAÇÃO DE VEÍCULOS

Venho a público, prestar esclarecimentos sobre a reportagem do Site jornalístico “Congresso em Foco”, Edição do dia 23/08/2013, sobre locação de veículos por parlamentares, através da Verba Indenizatória, da Câmara dos Deputados, na qual estou incluído entre os parlamentares que fazem uso desta forma de utilização de veículos para o trabalho parlamentar.

Em primeiro lugar, confirmo que faço uso para as atividades do meu mandato, no Estado do Maranhão, desde 28/02/2011 (data do contrato inicial), de um veículo locado, marca TOYOTA HILUX,  Ano 2011/2011, Cor Prata, Placa, JIH 7610, por meio da verba indenizatória da Câmara dos Deputados, através da Empresa “ARL Barros Serviços Executivos Rent a Car Ltda”, cuja pessoa que, desde o início, estabeleceu, efetivamente, os contatos  com o meu gabinete, em Brasília, é, de fato, o Srº Parmênio Francisco Coelho Serra.

Em segundo lugar, repudio toda e qualquer ilação de que haja irregularidades, de nossa parte, no contrato firmado por esta empresa, uma vez que as normas da Câmara dos Deputados, que regulamentam a verba indenizatória, permitem a locação de veículos para o trabalho parlamentar, principalmente, em sua base eleitoral.

Não há, portanto, o que se questionar, quanto ao contrato estabelecido e os valores acordados.  Se problemas há conforme a denúncia da matéria acima citada sobre esta empresa, cabe à Câmara dos Deputados, tomar as medidas cabíveis para descredenciá-la e puni-la, se for o caso, de acordo com a lei.

Por fim, coloco-me, pessoalmente, à disposição de todos os que quiserem maiores informações sobre esta questão, bem como da assessoria do meu gabinete em Brasília.

Deputado Federal ALBERTO FILHO - PMDB/MA

Veja ainda:

Parlamentares fazem farra com aluguel de veículos

Mais sobre a farra dos aluguéis de veículos

Outras matérias sobre verbas e cotas parlamentares

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!