Aécio venceria Lula se eleição fosse hoje, aponta Datafolha

Com 35% das intenções de voto do eleitorado, o senador abriria dez pontos de vantagem em relação a Lula. Se a disputa fosse contra Alckmin, o ex-presidente petista e Marina Silva empatariam em primeiro lugar

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) seria presidente da República com 35% dos votos do eleitorado, se as eleições fossem hoje, de acordo com o Datafolha. Na simulação, ele derrotaria o ex-presidente Lula (PT) com dez pontos de vantagem.  As informações são da Folha de S.Paulo.

Em terceiro lugar nas intenções de voto, a ex-senadora e ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva (PSB) seria opção de 18% do eleitorado. Luciana Genro (PSOL), o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB), e Eduardo Jorge (PV) alcançaram 2% cada um.

No levantamento do Datafolha, 11% disseram que votariam em branco, nulo ou em nenhum dos nomes apresentados. Outros 5% afirmaram não saber em quem votar.

O instituto de pesquisa também fez uma simulação de pleito presidencial com o nome do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), no lugar de Aécio.

Neste caso, Alckmin ficaria atrás de Lula e Marina, que empatariam em primeiro lugar com 26% e 25%, respectivamente. A margem de erro do levantamento é de dois pontos para mais ou para menos.

O atual governador ficaria em terceiro lugar com 20%. Paes e Luciana Genro alcançariam 3% cada um. Eduardo Jorge ficaria com 2%. Brancos, nulos e nenhum somam 14%. Indecisos, 7%.

Confira a íntegra de reportagem da Folha de S.Paulo

Mais informações sobre Lula

Continuar lendo