Aécio diz que processará PT por insinuar que ele desrespeita mulheres

A peça petista de 30 segundos exibe cenas de um debate do primeiro turno das eleições, em que Aécio chamou a adversária Luciana Genro (PSOL) de "leviana" com o dedo em riste

A propaganda veiculada pelo Partido dos Trabalhadores sugerindo que o candidato Aécio Neves (PSDB) desrespeita mulheres deve gerar um processo por injúria e difamação. É o que promete o tucano. Em nota publica do PSDB, Aécio Neves  afirma que "o PT, maliciosamente e com mentiras, acusa o candidato de ser intolerante com o gênero feminino, o que atinge sua honra de forma covarde. Mais uma vez, a candidata Dilma Rousseff age de forma leviana, transformando o que deveria ser a discussão de propostas em ato de terrorismo eleitoral".

A peça petista de 30 segundos exibe cenas de um debate do primeiro turno das eleições, em que Aécio chamou a adversária Luciana Genro (PSOL) de "leviana" com o dedo em riste, e de outro em que ele usou o mesmo termo ao se dirigir a Dilma. A campanha do PSDB anunciou ainda que entraria neste sábado (18) com ação no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para tentar retirar a propaganda do ar.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!