Aécio diz que apoio do PSDB a Temer depende de agenda de reformas

Para o senador tucano, o PSDB só deve apoiar um possível governo Temer se o peemedebista se comprometer com agenda de reformas

Apesar de admitir que, caso o processo de impeachment da presidente Dilma prospere, uma possível gestão Temer começará com um déficit de legitimidade, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) coloca alguma condições para apoiar o governo do peemedebista. Em entrevista ao jornal Valor Econômico, o tucano disse que o partido não impedirá que seus filiados venham a compor o governo de Temer, no entanto, o atual vice precisa se comprometer com uma agenda de reformas que envolvam a oposição e o empresariado. Essa agenda deverá incluir temas como reforma política, tributária e modernização da legislação trabalhista.

Confiante no impeachment de Dilma, Aécio sugere que, caso o PMDB assuma a presidência, a legenda escolha um substituto para Eduardo Cunha (PMDB-RJ) na presidência da Câmara - visto que, neste cenário, a sigla teria o comando das duas casas legislativas e do Palácio do Planalto. "O PSDB sabe que o apoio ao governo de transição trará desgaste ao partido. Mas uma mudança do governo é uma necessidade do Brasil", disse o senador. "Vamos dar sustentação política para o governo Temer desde que refaça o que precisa ser feito, construa essa linha. Temer já mostrou disposição de colher inspiração no que já apresentamos ao país", afirmou Aécio

Ainda sobre a agenda que deve pautar uma possível gestão do vice-presidente, Aécio defende que Temer concentre esforços em temas específicos."Eu não cobraria de um governo transitório aquilo que deve ser feito por um governo legitimamente eleito. Nestes dois anos e pouco, temos que utilizar os nossos esforços em quatro ou cinco questões. Temos que compreender o Michel como uma transitoriedade e ele tem que deixar claro isso desde o início e se dispor a conduzir essa agenda, porque se não, não tem sentido o apoio do PSDB", declarou.

Leia a entrevista na íntegra no jornal Valor Econômico

Mais sobre impeachment

Mais sobre Michel Temer

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!