Defesa de Dilma é evasiva, diz Aécio: “Discurso político, sem responder perguntas”

Relator do processo na comissão especial, Antônio Anastasia também considera as respostas da presidente afastada “mais políticas e não técnicas”. Arguição está em curso no Senado

O presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG), classificou de “evasiva”  a defesa feita pela presidente afastada Dilma Rousseff durante a sessão de julgamento do impeachment na manhã desta segunda-feira. “Ela fez um discurso político, sem responder  às perguntas dos senadores. Uma defesa evasiva”, disse o tucano.

O parlamentar será o primeiro as perguntar no reinício da sessão desta tarde e vai insistir nos questionamentos técnicos sobre as pedaladas fiscais e o descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) na execução orçamentária do ano passado.

Aécio comentou que responder as perguntas objetivas com discurso evasivo é um direito da defesa. Mas alertou que a população que está assistindo à sessão de julgamento do impeachment está percebendo que não há respostas para as ilegalidades cometidas pelo governo Dilma. Aécio lembrou que a acusação está restrita ao ano de 2015, mas Dilma desobedece a LRF desde 2014, ano eleitoral e período em que também aconteceram as mesmas ilegalidades.

O senador Antônio Anastasia (PSB-MG), também não ficou satisfeito com as respostas que a presidente afastada Dilma Rousseff deu às suas três perguntas. “A presidente tem preferido dar respostas políticas às indagações técnicas e isto não esclarece as questões”, comentou Anastasia. O senador foi o relator do processo de impeachment na comissão especial criada no Senado para tratar do assunto e deu parecer pela cassação definitiva do mandato da petista.

Mais sobre impeachment

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!