Abertas as inscrições para o Prêmio Nacional de Educação Fiscal

Promovida pela Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais (Febrafite), em parceria com a Escola de Administração Fazendária, premiação que tem apoio do Congresso em Foco será lançada nesta terça em Brasília

Começa nesta quarta-feira (18) e vai até 11 de julho o prazo para as inscrições ao Prêmio Nacional de Educação Fiscal 2016, promovido pela Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais (Febrafite), em parceria com a Escola de Administração Fazendária (Esaf). Uma das principais premiações do segmento, a iniciativa será lançada nesta terça-feira em Brasília.  Os interessados podem se inscrever na página www.premioeducacaofiscal.com.br.
Desde sua primeira edição, em 2012, foram examinados mais de 500 projetos, divididos nas categorias de pessoas jurídicas: Escolas e Instituições. O prêmio tem apoio do Congresso em Foco.

“É fundamental para desenvolvimento do país, que o cidadão contribuinte saiba interpretar o que dizem os orçamentos públicos, como são geridos e como os recursos neles previstos são aplicados”, afirma o presidente da Febrafite, Roberto Kupski. Segundo ele, a premiação estimula o “exercício da cidadania por meio da educação fiscal” para esclarecer os direitos e os deveres do Estado, da sociedade e do contribuinte.

A cerimônia de lançamento será realizada na Esaf, a partir das 19h, com coquetel para autoridades, representantes das instituições parceiras, patrocinadores e dirigentes das associações filiadas à Febrafite e convidados.

Também será lançado nesta noite o Grupo de Trabalho Controle Social e Gestão de Custos Aplicados ao Setor Público, uma iniciativa em parceria com o Programa Nacional de Educação Fiscal (Pnef), com a Universidade de Brasília (UnB), a Febrafite e outras instituições.

Entre os objetivos do prêmio, estão a promoção de ações que envolvam matérias específicas de educação fiscal nas escolas e organizações, a discussão sobre a importância social do tributo e o acompanhamento da qualidade dos gastos públicos no Brasil.

A festa de premiação está marcada para 9 de novembro, em Brasília. Participarão do evento, representantes dos dez melhores projetos do ano. Os cinco projetos vencedores receberão troféus, certificados e premiação em dinheiro no valor de R$ 10 mil, R$ 5 mil e R$ 3 mil reais para os três primeiros colocados na categoria Escolas, R$ 10 mil e R$ 5 mil para os dois primeiros lugares na categoria Instituições. Também será entregue um Certificado de Reconhecimento para todas as iniciativas participantes da edição.

Mais sobre educação fiscal

Mais sobre economia brasileira

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!