Abandono: único evento nacional agendado para o Mané Garrincha em 2017 foi cancelado

Por falta de público, Flamengo cancelou o "Jogo dos Sonhos" que aconteceria no estádio nacional de Brasília neste fim de semana. Governo espera receber shows e jogos da seleção, porém, até agora, arena é usada apenas como sede de Secretaria de Estado e vistação turística

 

Arena mais cara das 12 construídas ou reformadas para a Copa de 2014, ao custo de R$ 1,4 bilhão, o Mané Garrincha tem futuro incerto no Distrito Federal. Sem tradição no futebol e sem nenhum time nas principais divisões nacionais, a capital do país depende de equipes como Flamengo e Corinthians, além de produtores de eventos, para movimentar o estádio.

Para evitar a total ociosidade, no início do governo, Rodrigo Rollemberg, governador do DF, instalou no estádio três secretarias de Estado - trocando a finalidade principal da arena do esporte para a burocracia e aproveitando para economizar com alugueis. Dois anos depois, porém, apenas a Secretaria de Esporte, Turismo e Lazer continua funcionando no local.

O ano de 2017 começou com dois eventos agendados para o Mané Garrincha: o primeiro jogo do campeonato brasiliense e o Jogo dos Sonhos - evento que une craques históricos do Flamengo e da música, com artistas como Neguinho da Beija Flor. Porém, com a baixa adesão do público, os organizadores decidiram cancelar o jogo do clube carioca que seria realizado ontem (sábado, 21).

Em nota, justificaram que havia uma preocupação com a chuva prevista para o dia, "além de levar em conta o atual cenário político com a ocorrência de diversas manifestações na capital federal, o que afeta diretamente a prestação de serviços como transporte público, metrô e efetivo das forças de segurança pública".

Com o cancelamento, o Mané Garrincha continua sem uma agenda robusta para 2017. O governo aposta em produtores de shows internacionais e em partidas da seleção brasileira pelas eliminatória da Copa do Mundo de 2018 para movimentar o gigante, que cabe cerca de 70 mil pessoas. O estádio está na mira das investigações da Força Tarefa da Operação Lava Jato, com suspeita de superfaturamento e desvio de verba.

Em 2016, o estádio fechou as contas no vermelho. A arrecadação com jogos e eventos foi de R$ 1,7 milhão, enquanto os gastos chegaram a R$ 8,4 milhões - cinco vezes mais. O rótulo de "elefante branco", dado ainda na época da construção do estádio, a cada dia faz mais sentido.

Desde o fim da Copa do Mundo de 2014 até 31 de dezembro de 2016, 57 partidas de futebol e 128 eventos diversos passaram pelo estádio, atraindo público de quase 2 milhões de pessoas. No ano passado, passaram pela arena jogos do Campeonato Brasileiro e do Brasiliense, shows nacionais e internacionais (Pearl Jam e Guns and Roses), além de 10 partidas das Olimpíadas Rio 2016. No mais, o estádio recebe visitas pré-agendadas de turistas que visitam a capital do país.

Leia a íntegra da nota da Secretaria de Esporte:

"A Secretaria de Esporte, Turismo e Lazer informa que o Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha realizou, desde o fim da Copa do Mundo de 2014 até 31 de dezembro de 2016, 57 partidas de futebol e 128 eventos diversos, atraindo público de quase 2 milhões de pessoas.

Em 2016 o Estádio Nacional Mané Garrincha recebeu grandes eventos, entre eles vale ressaltar a 3º Bienal do Livro e da Literatura, a corrida contra o Câncer Outubro Rosa/Novembro Azul Aliança pela Vida, jogos do Campeonato Brasileiro e do Brasiliense, shows nacionais e internacionais (Pearl Jam e Guns and Roses), além de 10 partidas das Olimpíadas Rio 2016.

Para a temporada de 2017 está confirmada a partida, pela 1º rodada do Campeonato Brasiliense, entre Brasília e Sobradinho, no dia 05 de fevereiro, além das duas finais. Também estão em negociação jogos do Campeonato da 1º Liga e shows internacionais.

Além dos eventos, shows e jogos, o Estádio também é um ponto turístico da cidade. Diariamente recebe visitas de grupos, pré-agendadas (enb.visita@setur.df.gov) e todos os sábados está aberto à visitação. Mais informações no site: http://www.turismo.df.gov.br/visite-brasilia/estadio-nacional-mane-garrincha.html."

Mais sobre Brasília

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!