A íntegra do pedido de prisão de Delcídio e Esteves

Ministério Público Federal relata em detalhes ofertas oferecidas pelo senador e pelo banqueiro para convencer ex-diretor da Petrobras a desistir de delação e não envolvê-los nas investigações da Lava Jato

Transcrição de áudio mostra que o senador Delcídio do Amaral (PT-MS) ofereceu uma rota de fuga e R$ 50 mil mensais ao ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró para que ele não fizesse acordo de delação premiada ou que não o envolvesse nas investigações. Prometeu, ainda, o pagamento de R$ 4 milhões dos honorários do advogado Edson Ribeiro, que defendia Cerveró. André Esteves, dono do BTG Pactual, também participou das negociações, conforme narra o pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) que resultou na prisão do petista, do banqueiro, do advogado e do chefe de gabinete do senador, Diogo Ferreira.

Clique AQUI para acessar a íntegra do pedido de prisão apresentado pela Procuradoria-Geral da República.

Mais sobre Delcídio do Amaral

Mais sobre a Operação Lava Jato

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!