“Renan tinha que ter vergonha”, diz criador de petição

“Fiquei indignado. Como um cara com problemas nas Justiça consegue tanto voto?”, afirma representante comercial Emiliano Magalhães

Criador da petição que acumula 1,6 milhão de assinaturas pela renúncia do senador Renan Calheiros (PMDB-AL), o representante comercial Emiliano Magalhães Neto, de 26 anos, nunca pisou no Congresso Nacional. Ele afirmou ao Congresso em Foco que, se encontrar com Renan, irá reclamar na frente do poderoso político. “Ele tinha que ter vergonha de estar no posto que está. É uma falta de respeito com a população. E é uma falta de respeito um cidadão que se envolve com política se envolver também com corrupção”, reagiu ele, na noite de segunda-feira (18).

Na quarta-feira, ele estará em Brasília com outros ativistas para entregar aos senadores a petição com milhares de assinaturas.

Em Ribeirão Preto, Emiliano vende confecções. Em 1º de fevereiro, estava de férias na casa de um amigo no Rio de Janeiro. Foi lá que teve a ideia de fazer um novo pedido virtual contra Renan. Àquela altura, havia uma petição que acumulava 400 mil assinaturas para que os senadores não elegessem Renan como presidente do Congresso.

Sem saber que o senador já havia sido eleito, Emiliano foi questionado pelo amigo sobre qual sua opinião sobre o assunto. “Respondi que era um absurdo e que não acreditava que ele seria eleito porque tinha problema na Justiça”, conta o representante comercial. Quando soube que suas previsões estavam erradas, ele se revoltou.

“Fiquei indignado. Como um cara com problemas nas Justiça consegue tanto voto?”, afirmou Emiliano ao Congresso em Foco. Juntou com os amigos e resolveram fazer a petição pedindo o “impeachment” de Renan. “Era uma palavra que todo mundo ia entender, como o impeachment do Collor”, explicou.

Petição contra Renan será entregue aos senadores

Curta o Congresso em Foco no facebook – Siga-nos no twitter

Vídeo: Saiba mais sobre o Congresso em Foco

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!