TRE no Amapá diz que apagão não vai afetar eleições municipais

A Justiça Eleitoral do Amapá emitiu uma nota (confira íntegra abaixo) nesta sexta-feira (6) em que afirma estar cumprindo "rigorosamente" o calendário eleitoral e que está preparada para a realização das Eleições de 2020 no estado.

> Apagão no Amapá gera crise de abastecimento e caos. Veja vídeos

"Mesmo diante dos últimos acontecimentos relacionados ao 'apagão' em grande parte do Estado, o Governo do Amapá garantiu que haverá energia em todos os locais de votação, já que as medidas para solucionar o problema estão sendo adotadas também pelo Governo Federal".

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) também informou que trabalha para assegurar a realização de eleições no estado no dia 15 de novembro. O TSE cederá 1,2 mil baterias novas de urnas eletrônicas para o TRE do Amapá.

As baterias duram, em média, 10 horas. Considerando as baterias já existentes nas urnas e as extras que serão enviadas, permitirá que as urnas funcionem durante o processo de votação, que será das 7h às 17h no horário local.

"O TSE acompanha com atenção o problema da falta de energia no estado do Amapá, e os técnicos do tribunal estão à disposição para auxílio em quaisquer questões relacionadas ao processo eleitoral", disse o TSE em nota. (confira íntegra abaixo)

Apagão

O Amapá está há quase três dias sem acesso à energia. Segundo o Ministério de Minas e Energia (MME), o fornecimento de energia do estado foi interrompido após um incêndio. O fogo começou depois que um raio atingiu um transformador da Subestação de Macapá. As linhas de transmissão Laranjal/Macapá e as usinas hidrelétricas Coaracy Nunes e Ferreira Gomes foram desligadas automaticamente.

Segundo o senador amapaense Randolfe Rodrigues (Rede-AP), a prefeitura de Macapá decretou estado de calamidade pública, ontem (5), e está fornecendo caminhões pipa para a população. No entanto, segundo o parlamentar, a medida ainda é insuficiente, tendo em vista que grande parte dos municípios do estado foram impactados pela crise.

Nesta quinta-feira (5), a Casa Civil realizou uma reunião emergencial do Governo Federal com integrantes de diversos ministérios para adoção de medidas proativas para mitigar as consequências do apagão. O Ministério de Minas e Energia constituiu um gabinete de crise com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) para restabelecer o fornecimento de energia.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) afirmou por meio de suas redes sociais que sua prioridade é resolver o problema e que está trabalhando com o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.

Confira nota do TRE na íntegra:

A Justiça Eleitoral do Amapá está cumprindo rigorosamente o Calendário Eleitoral e está preparada para a realização das Eleições de 2020 em todo o Estado do Amapá.

Mesmo diante dos últimos acontecimentos relacionados ao “apagão” em grande parte do Estado, o Governo do Amapá garantiu que haverá energia em todos os locais de votação, já que as medidas para solucionar o problema estão sendo adotadas também pelo Governo Federal.

Quanto às urnas eletrônicas, todos os equipamentos dispõem de bateria com autonomia suficiente para garantir o direito de voto do primeiro ao último eleitor de cada seção eleitoral.

Des. Rommel Araújo
Presidente do TRE-AP

Confira nota do TSE na íntegra:

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cederá 1,2 mil baterias novas de urnas eletrônicas para o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Amapá, a fim de assegurar a realização de eleições no estado no dia 15 de novembro.

O material está em Brasília e deve ser transportado pela Força Aérea Brasileira, uma vez que aviões comerciais não carregam esse tipo de carga. As tratativas estão em curso com o Ministério da Defesa.

As baterias duram, em média, 10 horas. Considerando as baterias já existentes nas urnas e as extras que serão enviadas, isso permitirá que as urnas funcionem durante o processo de votação, que será das 7h às 17h no horário local.

O TSE acompanha com atenção o problema da falta de energia no estado do Amapá, e os técnicos do tribunal estão à disposição para auxílio em quaisquer questões relacionadas ao processo eleitoral.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!