Só hipócritas criticam aliança de Alckmin e Centrão, diz secretário do PSDB

O secretário-geral do PSDB, Marcus Pestana (MG), chamou de hipocrisia as críticas feitas ao partido pela aliança fechada com o chamado Centrão, grupo partidário associado a práticas de fisiologismo e a recorrentes casos de corrupção.

“De forma reforma republicana e, em torno de programa de governo, fechamos a mais ampla aliança. Outros candidatos tentaram e agora hipocritamente vêm falar que isso prejudica, de forma nenhuma”, disse em entrevista ao Congresso em Foco.

O Centrão reúne siglas como o PP, o PR, o PRB, o PTB e o Solidariedade, que deram apoio tanto aos governos Lula e Dilma, quanto ao ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha e, ainda, para o processo de impeachment da petista.

Segundo Pestana, essa composição é um reflexo da “fragmentação” do quadro partidário brasileiro, mas necessária para que Alckmin, se eleito, toque as reformas que pretende adiante.  “Ao contrário de ser um problema, [a aliança com o Centrão] é demonstração clara da capacidade de gerarmos soluções”, afirmou.

Veja a entrevista de Marcus pestana à repórter Isabella Macedo:

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!