Partido do Centrão exalta fala de Lula, mas depois apaga

O Partido Liberal (PL) divulgou nesta semana uma nota exaltando um trecho do discurso do ex-presidente Lula (PT) em São Bernardo do Campo (SP). A fala, que aconteceu na quarta-feira (10), dois dias depois do ex-presidente recuperar os direitos políticos, fez menções a José Alencar, que foi empresário e vice-presidente durante os dois mandatos de Lula.

Alencar era filiado ao PL, que hoje está na base de apoio ao presidente Jair Bolsonaro, principal adversário de Lula. O PL faz parte do Centrão, bloco informal de centro e direita conhecido por trocar apoio no Congresso e em eleições em troca de cargos.

A mensagem foi divulgada nos canais da legenda no Youtube e no Facebook, mas depois foi apagada desses meios. O Congresso em Foco tenta contato com a assessoria do partido e assim que tiver uma resposta irá divulgá-la. Embora tenha sido apagada das redes sociais, até o momento de fechamento deste texto, a nota ainda está disponível no site oficial do partido.

"Na coletiva, que repercutiu em todos os portais de notícias, o ex-presidente avaliou a união com o liberal como a gestão mais promissora democraticamente que existiu no país", consta na nota divulgada pela legenda.

"O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em sua primeira aparição pública depois da decisão que anulou a condenação contra ele da operação Lava-Jato, fez uma análise do quadro partidário nacional exaltando o poder e a força dos liberais nas eleições presidenciais. Lula fez questão de lembrar o papel decisivo do Partido Liberal no contexto da vitória eleitoral que o conduziu à Presidência da Republica pela 1ª vez", escreveu o partido.

>Volta de Lula à corrida eleitoral já “balança” o Centrão

Continuar lendo