Joaquim Barbosa anuncia voto em Fernando Haddad

O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa afirmou na manhã deste sábado (27), em sua conta no Twitter, que votará em Fernando Haddad (PT) no segundo turno das eleições presidenciais. O ex-ministro do Supremo foi relator dos processos do escândalo do Mensalão, que condenou mais de 20 pessoas - entre elas os petistas José Dirceu e José Genoino.

"Pela primeira vez em 32 anos de exercício do direito de voto, um candidato me inspira medo”, escreveu Joaquim Barbosa, afirmando que decidiu votar em Haddad contra o candidato de extrema-direita Jair Bolsonaro (PSL) após pesar os pontos positivos dos candidatos.

Antes da corrida eleitoral, Joaquim Barbosa - que presidiu o STF entre 2012 e 2014 - era um dos nomes cotados a concorrer à Presidência da República. O ex-ministro se filiou ao PSB e manteve conversas com a cúpula do partido para acertar sua candidatura, mas Barbosa acabou desistindo de concorrer em decisão “estritamente pessoal”, como declarou à época.

A última postagem de Barbosa no Twitter era justamente o anúncio de sua desistência da candidatura, em 8 de maio.

Hashtags

Durante a manhã deste sábado, hashtags dos dois candidatos chegaram aos assuntos mais comentados no Twitter mundial. Apoiadores de Bolsonaro fizeram circular a hashtag “MudaBrasil17” e os de Haddad tuitavam “ViraVotoHaddad13”.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!