Haddad sai de 8% para 19% e se isola em segundo no Ibope. Bolsonaro vai a 28%

Pesquisa Ibope sobre a corrida presidencial divulgada nesta terça-feira (18) confirmou a tendência de crescimento do candidato do PT, Fernando Haddad, que saiu de 8% para 19% em relação ao levantamento anterior – uma variação positiva de 11% em uma semana. Ainda na liderança, Jair Bolsonaro (PSL) oscilou de 26% para 28%, dentro da margem de erro (2%).

Confira o resultado:

– Jair Bolsonaro (PSL): 28%
– Fernando Haddad (PT): 19%
– Ciro Gomes (PDT): 11%
– Geraldo Alckmin (PSDB): 7%
– Marina Silva (Rede): 6%
– Alvaro Dias (Podemos): 2%
– João Amoêdo (Novo): 2%
– Henrique Meirelles (MDB): 2%
– Cabo Daciolo (Patriota): 1%
– Vera (PSTU): 0%
– Guilherme Boulos (Psol): 0%
– João Goulart Filho (PPL): 0%
– Eymael (DC): 0%

Também chama a atenção o fato de que Ciro, que havia crescido e figurava em segundo lugar na pesquisa anterior, estabilizou-se em 11%. Já Marina Silva, que tinha 9% das intenções de voto, agora tem 6% e caiu da terceira para a quinta colocação, ultrapassada por Geraldo Alckmin (PSDB), que oscilou dois pontos percentuais para cima, e Haddad – antes na quarta e quinta posições, respectivamente.

O Ibope ouviu 2.506 eleitores, entre 16 e 18 de setembro, em 177 municípios. Encomendado pela TV Globo e pelo jornal O Estado de S. Paulo, o levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (BR-09678/2018). A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%.

Há uma semana

O levantamento anterior, divulgado pelo Ibope há uma semana (11 de setembro), mostrava a ampliação da vantagem de Bolsonaro sobre seus adversários, na comparação com levantamento feito pelo instituto entre os dias 1º e 3 deste mês. O avanço de Haddad também já era visível na pesquisa de uma semana atrás.

O ex-capitão do Exército aparecia com 26% (quatro pontos a mais), e Ciro Gomes (PDT), então segundo colocado, com 11%. Naquele levantamento, o pedetista estava em empate técnico com outros três candidatos: Marina Silva (Rede) e Geraldo Alckmin (PSDB), com 9%, e Fernando Haddad (PT), com 8%.

Veja as intenções de votos alcançadas pelos 13 candidatos em 11 de setembro, segundo o Ibope:

– Jair Bolsonaro (PSL): 26%
– Ciro Gomes (PDT): 11%
– Marina Silva (Rede): 9%
– Geraldo Alckmin (PSDB): 9%
– Fernando Haddad (PT): 8%
– Alvaro Dias (Podemos): 3%
– João Amoêdo (Novo): 3%
– Henrique Meirelles (MDB): 3%
– Vera (PSTU): 1%
– Cabo Daciolo (Patriota): 1%
– Guilherme Boulos (Psol): 0%
– João Goulart Filho (PPL): 0%
– Eymael (DC): 0%

Segundo turno

Como é praxe, a pesquisa Ibope exibe simulações de segundo turno. É a primeira vez em que Bolsonaro e Haddd empatam numericamente, ambos com 40% das preferências. E também a primeira vez em que Bolsonaro aparece à frente de Marina.

Confira:

Haddad 40% x 40% Bolsonaro
Brancos/nulos: 15%
Não sabe/não respondeu: 5%

Ciro 40% x 39% Bolsonaro
Brancos/nulos: 15%
Não sabe/não respondeu: 6%

Bolsonaro 41% x 36% Marina
Brancos/nulos: 18%
Não sabe/não respondeu: 5%

Alckmin 38% x 38% Bolsonaro
Brancos/nulos: 18%
Não sabe/não respondeu: 6%

Rejeição

Bolsonaro continua a liderar o ranking de rejeição. Veja os números:

Jair Bolsonaro: 42% (41% no levantamento anterior)
Fernando Haddad: 29% (23%)
Marina Silva: 26% (24%)
Geraldo Alckmin: 20% (19%)
Ciro Gomes: 19% (17%)
Henrique Meirelles: 12’% (11%)
Cabo Daciolo: 11% (11%)
Eymael: 11% (11%)
Guilherme Boulos: 10% (11%)
Alvaro Dias: 10% (9%)
Vera Lúcia: 9% (11%)
João Amoêdo: 9% (10%)
João Goulart Filho: 8% (8%)
Poderia votar em todos: 2% (2%)
Não sabe/não respondeu: 9% (11%)

 

Ibope traz Bolsonaro com 26% e empate entre Ciro, Marina, Alckmin e Haddad

Ataque a Bolsonaro não se refletiu em intenção de voto, mostra Datafolha

Alvaro DiasCabo Daciolociro gomescorrida presidencialeleiçõeseleições 2018EymaelFernando HaddadGeraldo AlckminGuilherme BoulosHenrique MeirellesIbopeJair Bolsonarojoao amoedoJoão Goulart FilhoMarina SilvaO Estado de S. PauloTV GloboVera Lúcia